Monsueto Menezes

Monsueto Campos de Menezes (Rio de Janeiro, 4 de novembro de 1924Rio de Janeiro, 17 de março de 1973) foi um sambista, cantor, compositor, instrumentista, pintor e ator brasileiro.[1]

Monsueto
Monsueto em 1971
Nascimento 4 de novembro de 1924
Rio de Janeiro, Brasil
Morte 17 de março de 1973 (48 anos)
Rio de Janeiro, Brasil
Ocupação Ator

Gravações de MonsuetoEditar

Todas compostas pelo próprio, exceto onde notado.

  • A fonte secou (com Tufic Lauar e Marcléo)
  • Eu quero essa mulher assim mesmo (com José Batista)
  • Me deixa em paz (com Aírton Amorim)
  • Mora na filosofia (com Arnaldo Passos)
  • Couro do falecido (com Jorge de Castro)
  • Tá para acontecer (com José Batista e Ivan Campos)
  • Levou fermento (com José Batista)
  • Me empresta teu lenço (com Elano de Paula e Nicolau Durso)
  • Rua Dom Manuel (com Jorge de Castro)
  • Senhor Juiz (com Jorge de Castro)
  • Prova Real (de Oderlandes Rodrigues, Edson Santana e Amado Régis)
  • Bola Branca (de Antônio Guedes, Otávio Lima e Estanislau Silva)
  • Chica da Silva (de Anescar e Noel Rosa)
  • Maria Baiana
  • Sambamba
  • Copacabana de tal
  • Este samba tem parada
  • Água e azeite (com Estanislau Silva)
  • Na menina dos meus olhos (com Flora Mattos)
  • Lamento da lavadeira (com João Vieira Filho e Nilo Chagas)
  • Na casa de Antônio Jób (com Venâncio)
  • Nó molhado (com José Batista e Ivan Campos)
  • Morfeu (com Luiz Reis)
  • Segunda Lua-de-Mel (com Flora Mattos)
  • Fogo no morro (com José Batista)
  • Aula de samba francês
  • Mané João (com José Batista e Ivan Campos)
  • Retrato de Cabral (com Raul Marques)


Referências

  1. [dicionariompb.com.br/monsueto Monsueto - Dicionário Cravo Albin]. Consultado em 06/04/2019.


Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.