Morkinskinna

O Morkinskinna (literalmente: Pergaminho apodrecido) é um manuscrito islandês do século XIII, escrito por um autor desconhecido em pergaminho. [1] Esta saga dos reis trata dos monarcas noruegueses de 1035 até 1177 aproximadamente. Foi compilada provavelmente entre 1200 e 1220. [2] Está baseada em obras mais antigas (como o ‘’Hryggjarstykki’’), em poesias escáldicas e em tradições orais. Por sua vez, é uma das fontes de duas outras obras famosas - Fagrskinna e Heimskringla.[3]

Morkinskinna
Autor(es) Desconhecido
Idioma Nórdico antigo
País  Islândia
Gênero Sagas dos reis
Formato Manuscrito
Lançamento Ca 1257

ManuscritoEditar

A cópia mais antiga deste manuscrito foi redigida na segunda metade do século XIII e está depositada na Biblioteca Real da Dinamarca em Copenhaga.[2][3]

Referências

  1. Hélio Fernando Vitorino Pires (2012). «Morkinskinna». Incursões Nórdicas no Ocidente Ibérico (844-1147): Fontes, História e Vestígios (PDF) (Dissertação de Doutoramento). Universidade Nova de Lisboa. p. 54-56. Na forma actual, cobre o período que vai de 1030 a 1157 e terá sido a primeira obra a atingir uma dimensão que, na Escandinávia, assinala o início de um período literariamente marcado pelas grandes colectâneas em vernáculo. 
  2. a b «Morkinskinna. Island ca. 1275» (em dinamarquês). Det Kongelige Bibliotek. Consultado em 24 de novembro de 2020 
  3. a b «Morkinskinna» (em norueguês). Store norske leksikon - Grande Enciclopédia Norueguesa. Consultado em 24 de novembro de 2020 

Ver tambémEditar