A mulher marinha é um ser mítico das lendas portuguesas. Ela pode ser descrita como uma espécie de sereia com pés de cabra. "tinha todas as perfeições até à cintura, que se discorrem na mais fermosa, e somente a desfeavam as grandes orelhas que tinha pois lhe chegavam abaixo dos ombros, e quando as levantava lhe subiam a distancia de mais de meio palmo por cima da cabeça.

Da cintura para baixo toda estava coberta de escamas, e os pés eram do feitio de cabra, com barbatanas pelas pernas".

Na lenda medieval de Dona Marinha ela é representada como uma espécie de sereia muda.

referênciasEditar

Ver tambémEditar