Murder, Inc.

associação de crime organizado

Murder, Inc. (Murder, Incorporated, ou "Assassinato, Incorporado") foi uma associação de crime organizado, ativa entre 1929 e 1941, que agiu como o braço armado de execuções para a Cosa Nostra Americana, a Máfia Judia e outros grupos em Nova Iorque e em outros lugares, com o propósito não só de assassinar mas também de intimidar e defender os interesses da Máfia Americana.[1] A organização era formada majoritariamente por gângsters judeus e ítalo-americanos e seus membros eram normalmente trabalhadores de classe média de bairros ao redor de Manhattan (principalmente do Lower East Side) e do Brooklyn, nos bairros de Brownsville, East New York e Ocean Hill. Suas principais lideranças eram Louis "Lepke" Buchalter e, depois, Albert Anastasia. Acredita-se que o Murder, Inc. pode ter recebido entre 400 e 1 000 contratos para executar,[2] até que o grupo foi exposto em 1941 pelo ex-membro Abe "Kid Twist" Reles. O Murder, Inc. pode ter sido responsável por centenas de mortes, muitos a mando do National Crime Syndicate (de Lucky Luciano) entre 1929 e 1941. Nos julgamentos que se seguiram, muitos membros foram condenados a cadeia e alguns receberam sentenças de morte, e o próprio Abe Reles morreu de forma suspeita ao cair de uma janela.[3] Thomas E. Dewey ganhou fama nacional nos Estados Unidos ao ser um procurador no caso do processo contra o Murder, Inc. e outras ações contra o crime organizado.[4]

Referências

  1. Carl Sifakis, The Mafia Encyclopedia. Checkmark Books, 2005 p. 13.
  2. Ruderman, Wendy (31 de agosto de 2012). «Ice Picks Are Still Used as Weapons». The New York Times. Consultado em 4 de outubro de 2016. Cópia arquivada em 9 de janeiro de 2017 
  3. «Murder Inc, a gangue de matadores a serviço das máfias de Nova York nos anos 1930». BBC. Consultado em 2 de abril de 2021 
  4. Stolberg, Mary M. (1995). Fighting Organized Crime: Politics, Justice and the Legacy of Thomas E. Dewey. Boston: Northeastern University Press. pp. 55–64. ISBN 1-55553-245-4