Myrtle Corbin


Josephene Myrtle Corbin (Condado de Lincoln, 12 de maio de 1868Cleburne, 6 de maio de 1928[1]) foi uma mulher americana célebre por ter sido uma atração de circos do tipo show de aberrações, uma vez que ela contava com quatro pernas e duas vaginas. Das suas quatro , todas ativas e funcionais, apenas uma era completamente funcional.

Josephene Myrtle Corbin
Nome completo Josephene Myrtle Corbin
Outros nomes Mrs. B
Conhecido(a) por Dípigo
Nascimento 12 de maio de 1868
Condado de Lincoln, Tennessee
Morte 6 de maio de 1928 (59 anos)
Cleburne, Texas
Nacionalidade norte-americana
Cônjuge Dr. Bicknell
Filho(s) 5 filhos.
Ocupação feiras, shows e mostrada ao público como uma aberração da natureza

Josephine nasceu em 1868 no condado de Lincoln no Tennessee, EUA, e da cintura para baixo contava com tudo em dobro, como duas pélvis, dois aparelhos reprodutores e excretores completos e independentes, além de dois pares de pernas, compostos por duas de tamanho normal e outras duas menores.

Myrtle Corbin logo se transformou numa celebridade, viajando por todo o país para se apresentar em feiras e espetáculos como uma aberração. No entanto, aos 14 anos Josephine conseguiu um contrato para ganhar US$ 250 por semana — algo extraordinário para a época — para trabalhar num circo.

Após alguns anos, Josephine se cansou das apresentações e acabou se aposentando, casando-se depois de algum tempo com o médico Clinton Bicknell, com quem ela teve vários filhos. Com os filhos já crescidos, a “Mulher com Quatro Pernas” voltou a se apresentar em Nova York, recebendo um salário de US$ 450 semanais, e faleceu em 1928, aos 59 anos.

Referências

  1. «Myrtle Corbin, the Four-Legged Woman of Blount County». listsearches.rootsweb.com. Consultado em 14 de maio de 2013. Arquivado do original em 12 de março de 2010 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.