Abrir menu principal

"Núna" ("Agora") foi a canção islandesa no Festival Eurovisão da Canção 1995 que teve lugar em Dublin, na Irlanda.

Islândia Núna
Festival Eurovisão da Canção 1995
País
Artista(s)
Língua
Islandês
Compositor(es)
Bo Halldórsson
Letrista(s)
Jón Örn Marinósson
Performance das finais
Resultado da semifinal
------
Pontos da semifinal
------
Resultado da final
15.º
Pontos da final
31

A referida canção foi interpretada em islandês por Bo Halldórsson. Foi a sétima canção a ser interpretada na noite do evento, a seguir à canção russa "Kolybelnaya dlya vulkan", cantada por por Philip Kirkorov e antes da canção austríaca "Die Welt dreht sich verkehrt", interpretada por Stella Jones. Terminou a competição em 15º lugar (entre 23 participantes), recebendo um total de 31 pontos. No ano seguinte, em 1996, a Islândia fez-se representar com a canção "Sjúbídú", interpretada por Anna Mjöll.

Índice

AutoresEditar

A canção tinha letra de Jón Örn Marinósson, música de Bo Halldórsson e orquestração de Frank McNamara.

LetraEditar

A canção é uma balada, com Halldórsson dizendo à sua amante que eles devem ficar juntos para se divertirem cada momento passado juntos. Ele canta que ele terá de partir de manhã e que deveriam aproveitar para fazer tudo o que eles tinham de fazer agora, daí o título da canção.

VersõesEditar

Halldórsson gravou também uma versão em inglês intitulada "If it's gonna end in heartache"

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.