Abrir menu principal
Negrinha
Negrinha (1920) - Capa.jpg
Tipo de documento obra literária
Autor(es) Monteiro Lobato

Negrinha é um livro de contos ficcional escrito por Monteiro Lobato, publicado em 1920. O livro era constituído na primeira edição apenas pelos contos Negrinha, Fitas da Vida, O drama da geada, O Bugio moqueado, O jardineiro Timóteo e O colocador de pronomes.

Muitos consideram que neste livro estão os melhores contos escritos por Lobato. Sem dúvida são os mais emotivos e que mais agradaram ao público. Alguns contos foram escritos antes de sua viagem aos Estados Unidos, outros depois do retorno. O livro contém verdadeiras preciosidades no tratamento do idioma e os personagens são mais urbanos e mais mundanos que os dos livros anteriores. "Aqui encontramos um painel que vai da farsa à tragédia, do sarcasmo à compaixão, passando pelo drama pungente da filha de uma ex-escrava."[1]

Na segunda edição foram sendo acrescidos contos que hoje formam o conjunto de 22 narrativas:

  • Negrinha
  • As fitas da vida
  • O drama da geada
  • O Bugio moqueado
  • O jardineiro Timóteo
  • O fisco
  • Os negros
  • Barba Azul
  • O colocador de pronomes
  • Uma história de mil anos
  • Os pequeninos
  • A facada imortal
  • A policetemia de Dona Lindoca
  • Duas cavalgaduras
  • O bom marido
  • Marabá
  • Fatia de Vida
  • A morte do Camicego
  • "Quero ajudar o Brasil"
  • Sorte grande
  • Dona Expedita
  • Herdeiro de si mesmo

Referências

  1. Marcia Camargos e Vladimir Sacchetta, "O polemista do conto", em Negrinha, Editora Globo, 2008.

Ligações externasEditar