O Imparcial

O Imparcial
Empresa Pacotilha S/A
Periodicidade Diário (menos domingo)[1]
Formato Standard
Sede Edifício Tech Office, Avenida dos Holandeses, nº 6, Ponta D'Areia, São Luís, MA
País Brasil
Preço R$ 2,00 (segunda a sexta)
R$ 3,00 (fim de semana)
Assinatura Sim
Fundação 1 de maio de 1926 (94 anos)
Fundador(es) João Pires Ferreira
Presidente Pedro Freire
Pertence a Diários Associados
Diretor Raimundo Borges
Idioma (português brasileiro)
Circulação Estado do Maranhão
Página oficial https://oimparcial.com.br

O Imparcial é um jornal brasileiro da cidade de São Luís, capital do Maranhão. Faz parte dos Diários Associados, grupo fundado por Assis Chateaubriand.[2]

A sede do jornal ficava no Centro da cidade. Já a atual está localizada no bairro da Ponta da Areia.

O jornal é líder absoluto no mercado maranhense, sendo o principal do estado com mais de 6 milhões de acessos em suas plataformas e isso se deve ao seu jornalismo profissional e independente fazendo jus ao nome. Tem como principais concorrentes os jornais O Estado do Maranhão e Jornal Pequeno.

HistóriaEditar

Entrou em circulação em 1º de maio de 1926 e desde então até hoje, é o jornal mais antigo em circulação do Maranhão. Em 1944, foi adquirido pelos Diários Associados de Assis Chateubriand, onde permanece até hoje. Rapidamente se tornou um dos principais jornais do Estado.[3] Em 1952 foi usado por Chateubriand para atacar Adalgisa Néri e o Partido Comunista Brasileiro, que se organizavam contra seus planos políticos. As acusações proferidas pelo jornal, eram, no entanto, exageradas.[2]

CadernosEditar

Diários

  • Política
  • Opinião
  • Vida
  • Ímpar
  • Geral
  • Esportes

Semanais

  • Empreendorismo
  • Você Gastrô
  • Elite

Ver tambémEditar

Referências

  1. Sebastião Jorge (27 de janeiro de 2009). «Engenho e arte na crise dos jornais». Observatório da Imprensa. Consultado em 19 de julho de 2019. Cópia arquivada em 19 de julho de 2019 
  2. a b Fernando Morais. Chatô: O rei do Brasil. [S.l.: s.n.] Consultado em 16 de novembro de 2017 
  3. Victor Brinches (1965). Dicionário biobibliográfico lusobrasileiro. 1. [S.l.]: Fundo de Cultura 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.