Abrir menu principal
Call for the Dead
Chamada para a Morte (PT)
O Morto ao Telefone (BR)
Autor(es) John le Carré
Idioma Inglês
País  Reino Unido
Gênero Romance de Espionagem
Série George Smiley
Editora Gollancz
Lançamento 1961
Páginas 157
ISBN 0-7434-3167-7
Edição portuguesa
Editora Edições 70
Lançamento 1989
ISBN 978-9724400990
Edição brasileira
Editora Record
Lançamento 1966
ISBN 978-8501003607
Cronologia
A Murder of Quality

Call for the Dead (O Morto ao Telefone BRA ou Chamada para a Morte PRT) é o primeiro romance de John le Carré, publicado em 1961. Ele introduz George Smiley, o mais famoso dos seus personagens recorrentes. A história versa sobre espiões da Alemanha Oriental que atuam na Grã-Bretanha. O autor apresenta uma versão fictícia dos serviços secretos britânicos baseada no MI6, o Departamento de Inteligência do Serviço Secreto Britânico, que recebe o codinome de "Circus", devido à sua localização na rotatória Cambridge Circus na cidade de Londres.[1]

Índice

EnredoEditar

  Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Depois de uma verificação rotineira de segurança feita por George Smiley, o funcionário público que trabalhava no Ministério do Exterior Samuel Fennan aparentemente se suicida. Quando Smiley descobre que o chefe do "Circus", Maston, está tentando culpá-lo pela morte de Samuel Fenna, ele inicia a sua própria investigação. Ele tem um encontro com a viúva de Fennan para descobrir o que teria levado ele ao suicídio. Mas no mesmo dia em que o Smiley recebe a ordem de se afastar da investigação, ele recebe uma carta urgente do homem morto. Os alemães do leste e seus agentes, aparentemente sabem mais sobre a morte desse homem do que o pessoal alocado no "Circus".[1]

  Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Adaptação CinematográficaEditar

O romance foi adaptado ao cinema com o nome The Deadly Affair (1966). A direção ficou a cargo de Sidney Lumet e protagonizado por James Mason como Charles Dobbs, (e não George Smiley, porque John le Carré vendeu os direitos de usar o nome "George Smiley" em conjunto com os direitos de O Espião Que Saiu do Frio), Harry Andrews como Mendel, Simone Signoret como Elsa Fennan e Maximilian Schell como Dieter Frey.[2]

Referências

  1. a b «Call for the Dead by John Le Carré» (em inglês). The Guardian. 15 de Outubro de 2009. Consultado em 31 de Outubro de 2017 
  2. Hal Erickson. «Synopsis The Deadly Affair» (em inglês). AllMovie. Consultado em 5 de novembro de 2017 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.