O Santo e a Porca

O Santo e a Porca é uma peça teatral, do gênero comédia, escrita pelo escritor paraibano Ariano Suassuna em 1957, abordando o tema da avareza. O texto, segundo o próprio Suassuna, é "uma imitação nordestina" da peça Aulularia, também conhecida como a Comédia da Panela, do escritor romano Plauto.

Outras mídiasEditar

A peça serviu de base para uma das tramas da microssérie e o filme O Auto da Compadecida também de Ariano Suassuna.[1]

Em 2000 a peça foi adaptada para o especial Brava Gente da Rede Globo.[2]

Referências

  1. Agência Estado (15 de setembro de 2000). «Suassuna aprova "O Auto" de Guel Arraes». Portal Terra Cinema. Consultado em 25 de janeiro de 2010 
  2. «Brava Gente leva qualidade à tevê». Revista ISTOÉ Gente. Consultado em 25 de janeiro de 2010  |coautores= requer |autor= (ajuda)


  Este artigo sobre teatro (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.