O rio Douro (Dordio Gomes)

pintura de Simão César Dórdio Gomes

O rio Douro é uma pintura a óleo sobre madeira datada de 1935 do artista modernista português Dordio Gomes (1890-1976) e que está atualmente no Museu Nacional de Arte Contemporânea, em Lisboa.

O rio Douro
(Imagem no artigo sobre o Pintor)
Autor Dordio Gomes
Data 1935
Técnica Pintura a óleo sobre madeira
Dimensões 50 cm × 60 cm 
Localização Museu Nacional de Arte Contemporânea, Lisboa

Em O Rio Douro, a rudeza patente nos barcos, no casario ou nas montanhas, contrasta com a subtileza da luz redescoberta por Dordio Gomes no seu afastamento de um Modernismo que assimilou limitadamente e num retrocesso a um lirismo de cariz oitocentista.[1]

A obra foi oferecida ao Museu pelo seu 4º director, o escultor Diogo de Macedo, em 1945.[2]

DescriçãoEditar

Vista de uma curva do rio Douro do alto da margem de Vila Nova de Gaia serpenteando difusamente entre esta e a cidade do Porto, com alguns barcos em primeiro plano. Representação de uma massa cristalina sugerida por velaturas próximas da aguarela, em gradações de azulados e brancos, transmitindo uma visão intimista e nostálgica característica deste período de obras nortenhas do Pintor.[2]

Para elaborar o quadro, Dordio Gomes posicionou-se provavelmente do início da Ponte de D. Luís, não podendo ver-se a Ponte da Arrábida porque na altura ainda não estava construida.[3]

ApreciaçãoEditar

Segundo Pedro Lapa, O rio Douro, que foi pintado no mesmo ano de O Barredo, apresenta uma paisagem mais afastada do pitoresco local e com um tratamento mais espontâneo. A profundidade da paisagem é dada pela gradação dos planos que constituem o rio e as margens alcantiladas numa vista em contra-luz. Os barcos sombrios e os cais dão à água, por contraste, uma grande luminosidade. Esta é apresentada por planos gradados que reflectem a claridade do céu. O tom melancólico que envolve o quadro, através do trabalho sobre a luz, expressa uma poética que é sintoma do afastamento de propostas modernas afloradas na década anterior da obra de Dordio Gomes.[1]

Referências

  1. a b Nota sobre a obra no MNAC, [1]
  2. a b Nota sobre a obra na Matriznet, [2]
  3. Para se ter uma ideia aproximada do enquadramento do Pintor junta-se imagem do GoogleMaps, [3]

Ligações externasEditar