Obras vivas é um termo usado em construção naval para se referir a parte inferior do casco das embarcações, situada abaixo da linha d'água em condições de carga máxima, ou seja, a porção que permanece totalmente ou quase totalmente submersa.[1]

Ver também editar

Referências

  1. Fonseca, Maurílo M. (2019). Arte Naval. 1 8ª ed. Rio de Janeiro: Serviço de Documentação da Marinha. p. 25. ISBN 978-85-7047-119-2 


  Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.