Ocupação da Albânia pela Bulgária

A ocupação búlgara da Albânia se refere à ocupação da Albânia pelo exército do Reino da Bulgária durante a Primeira Guerra Mundial, que durou de 10 de dezembro de 1915, quando o exército búlgaro cruzou o rio Drin e entrou na Albânia, [1] até 9 de setembro de 1917, quando as tropas francesas capturaram Pogradec do exército búlgaro. [2]

AntecedentesEditar

Durante a Primeira Guerra Mundial o território albanês foi fragmentado por vários países que ocuparam várias partes da Albânia. O Reino da Bulgária usou seu exército para ocupar a parte oriental da Albânia. [3][4] Após o início do envolvimento da Bulgária na Primeira Guerra Mundial ao lado das Potências Centrais, no outono de 1915, muitos de etnia albanesa juntaram-se aos búlgaros que lhes forneceram armas.[5] Entre eles estava Sali Butka (em albanês: Sali Butkës), líder da guerrilha albanesa no sul, [1] Hysejn Nikolica[1] e Themistokli Gërmenji (até dezembro de 1916).[6][7]

EventosEditar

Em 10 de dezembro de 1915, o exército búlgaro cruzou o rio Drin, entrou na Albânia, e atacou as posições do exército sérvio. [1] No mesmo dia, perto de Debar, o exército búlgaro invadiu o vale do Rio Mat, ameaçando capturar Shkodër e Lezhë.[1]

Uma companhia do vigésimo terceiro regimento de infantaria do exército búlgaro sob o comando do capitão Serafimov ocupou Elbasan em 29 de janeiro de 1916. [1]

Havia uma rivalidade entre o Reino da Bulgária e a Áustria-Hungria em estabelecer sua influência na Albânia. [1] Na tentativa de estabelecer a sua influência na Albânia, a Bulgária permitiu que Ahmed Zogu estabelecesse seu governo em Elbasan e apoiou-o em suas tentativas de ressuscitar o suporte para o regime de Guilherme de Wied. [1] A dupla invasão pela Áustria-Hungria e pelo Reino da Bulgária e a falta de apoio do Reino da Sérvia ou da Itália obrigou Essad Pasha Toptani a sair da República da Albânia Central em 24 de fevereiro de 1916, quando novamente declarou uma guerra contra a Áustria-Hungria. [1]

Em março de 1916, o exército da Áustria-Hungria assumiu o controle de Elbassan [1] do exército búlgaro, que, em seguida, dirigiu-se para Berat.[8] A Bulgária teve a ideia de persuadir os líderes albaneses a eleger o Príncipe Kiril, segundo filho de Fernando I da Bulgária, para tornar-se o seu rei (mbret). [9] Em 18 de agosto de 1916, o exército búlgaro, provavelmente tentando unir forças com os austríacos na Albânia, realizou um ataque combinado ao exército italiano, expandindo o território ocupado até a guarnição de Korçë expulsando os gregos desse território. [10] Sali Butka, líder da guerrilha albanesa no sul, que se juntou aos exércitos invasores da Áustria-Hungria e Bulgária, incendiou Voskopojë, perto Korçë, em 16 de outubro de 1916. [1] Na época, o exército búlgaro mantinha Pogradec sob ocupação, em conjunto com o exército da Áustria-Hungria. [11] Após o exército italiano fazer seu percurso através de Epiro do Norte, e depois da ocupação do exército francês a Korçë, ficou anunciado (em 25 de outubro de 1916) que os Aliados estavam em contato. [12] Em setembro de 1917, o general Maurice Sarrail empreendeu uma ação contra os exércitos da Áustria-Hungria e da Bulgária na Albânia, e em 9 de setembro, as tropas francesas capturaram Pogradec. [1] Juntamente com os exércitos da Bulgária e da Áustria-Hungria, havia albaneses, liderados por Hysejn Nikolica, lutando contra as tropas francesas na captura de Pogradec. [1]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m Pearson, Owen (2004). Albania and King Zog: independence, republic and monarchy 1908-1939. [S.l.]: I.B.Tauris. p. 103. ISBN 978-1-84511-013-0. Consultado em 11 de janeiro de 2011. December 10-11th; The Bulgarians crossed the Drin into Albania and attacked Serbian positions along the crest of Jablanica mountain range 
  2. Pearson, Owen (2004). Albania and King Zog: independence, republic and monarchy 1908-1939. [S.l.]: I.B.Tauris. p. 103. ISBN 978-1-84511-013-0. Consultado em 4 de novembro de 2010 
  3. Zogu, Ahmed. «King Zog Tells his Story to Herman Bernstein, former United States Minister to Albania.». New York: YIVO Institute for Jewish Research. Consultado em 11 de janeiro de 2011. Arquivado do original em 17 de julho de 2011. while South Albania was being oppressed by the Greeks, Valona by the Italians, the east by the Bulgarians, and the rest of the country by the Austrians. 
  4. Vickers, Miranda (2006) [1995]. The Albanians: a modern history. London: I.B. Tauris. p. 88. ISBN 1-86064-541-0. Consultado em 30 de novembro de 2017. Bulgarians were pushing into Albania from the East. 
  5. Bataković, Dušan (1992). «Albanian Incursions into Serbia». In: Ivan Čolović. The Kosovo Chronicles. Belgrade: Knjižara Plato. ISBN 86-447-0006-5. Consultado em 8 de janeiro de 2011. The beginning of the German - Austro-Hungarian offensive against Serbia in autumn, 1915, Bulgaria's engagement in war on the side of the Central Powers and its attack on Serbia, ... Masses of ethnic Albanians recruited into the Serbian army became deserters, and many joined the Bulgarians who gave them arms...Essad Pasha ... fought ... against Albanian companies that joined Austro-Hungarian and Bulgarian troops. 
  6. Clayer, Nathalie (2007), Aux origines du nationalisme albanais: la naissance d'une nation, ISBN 978-2-84586-816-8, Karthala, p. 666, ... ce personnage alla dans le sens d'une cooperation avec les Bulgares.... 
  7. Jacques, Edwin E. (1995), The Albanians: an ethnic history from prehistoric times to the present, ISBN 978-0-89950-932-7, McFarland & Co., in October 1916 he went to Pogradec, the territory occupied by Austrians and Bulgarians 
  8. «The Times history of the war» (txt). London: The Times. Consultado em 11 de janeiro de 2011. Akif Pasha, actually set up a Provisional Government, though apparently with Austrian approval, in Elbasan. The Bulgarians shifted their centre of intrigue- farther south to Berat. 
  9. «The Times history of the war» (txt). London: The Times. Consultado em 11 de janeiro de 2011. About this time they seem to have been coquetting with the idea of persuading certain of the Albanian leaders to elect Prince Cyril, second son of Tsar Ferdinand, Mbret of Albania. 
  10. «The Times history of the war» (txt). London: The Times. Consultado em 11 de janeiro de 2011. In their invasion of August 18 the Bulgarians had pushed west as far as Koritsa (S.W. of Lake Prespa), whence they ejected the Greek garrison. 
  11. Jacques, Edwin E. (1995), The Albanians: an ethnic history from prehistoric times to the present, ISBN 978-0-89950-932-7, McFarland & Co., ... Pogradec, territory occupied by Austrians and Bulgarians 
  12. «The Times history of the war» (txt). London: The Times. Consultado em 11 de janeiro de 2011. Italian Expeditionary Force made its way through the broken country of Northern Epirus. and on October 25 it was announced that it was in touch with the Allies'" left wing, where, about the same time, the French occupied Koritsa.