Oer Guedaz Guedeão

Oer Guedaz Guedeão ou Odório Guedas como também aparece grafado (c. 1040 -?) foi um nobre e Cavaleiro medieval do Condado Portucalense, encontra-se referenciado em documentos entre 1116 e 1118. Foi detentor de importantes latifúndios em terra de Chaves[1][2].

Oer Guedaz Guedeão
Brasão de Armas.
Nascimento 1040
Condado Portucalense
Morte
Condado Portucalense
Nacionalidade Portugal Portugal
Ocupação Foi um nobre do Condado Portucalense.

Relações familiaresEditar

Foi filho de Gueda Guedeão "O velho" (1000 -?). Casou com Aragunte Gomes (1050 -?), de quem teve vários filhos, de entre eles destacou-se Urraca Oeriz Guedeão que veio a casar com Soeiro Pais Correia[3]., sendo este ascendente do famoso mestre da Ordem do Hospital, e um filho, Pero Oeriz Guedeão, que foi quem esteve na origem da linhagem da família Aguilhar[2][1].

  1. Marinha Oeriz.
  2. Urraca Oeriz Guedeão (c. 1070 -?) casou com Soeiro Pais Correia.
  3. Pero Oeriz Guedeão (c. 1070 -?) casou com Teresa Aires de Ambia, filha de Aires Ambia.
  4. Mem Oeriz.
  5. Rolão Oeriz.
  6. Galvão Oeriz.
  7. Flâmula Oeriz.
  8. Gomes Oeriz.


Referências

  1. a b Mattoso, José João da Conceição Gonçalves. Ricos-homens, infantes e cavaleiros: a nobreza medieval portuguesa nos séculos XI e XII. Lisboa: 1982.
  2. a b José Augusto de Sotto Mayor Pizarro, Linhagens Medievais Portuguesas - 3 vols, Universidade Moderna, 1ª Edição, Porto, 1999.
  3. Casa de Fralães.