Abrir menu principal
Olha Kharlan
Olha Kharlan em 2016.
Informações pessoais
Nome completo Olha Hennadiïvna Kharlan
Modalidade Sabre
Nascimento 4 de setembro de 1990 (29 anos)
Mykolaiv, RSS Ucraniana
Nacionalidade ucraniana
Compleição Peso: 65 kg Altura: 1,70 m

Olha Hennadiïvna Kharlan (em ucraniano: Ольга Геннадіївна Харлан; Mykolaiv, 4 de setembro de 1990) também grafada como Olga Kharlan, é uma esgrimista ucraniana, medalhista olímpica nos Jogos de 2008, 2012 e 2016. Ela também conquistou cinco medalhas de ouro em Campeonatos Mundiais e diversas outras em Campeonatos Europeus. Kharlan conquistou uma medalha de ouro nos Jogos Europeus de 2015 e venceu duas vezes o prêmio ucraniano Heroes of Sports Years. Ela também alcançou a primeira colocação do ranking internacional por três ocasiões.

Vida pessoalEditar

Kharlan nasceu em Mykolaiv, uma cidade de construção naval situada no sul da Ucrânia. Seu pai era treinador de vela e de natação e ensinou sua filha a nadar quando ela ainda era um bebê.[1] Ele também trabalhou como operário de construção civil e motorista de táxi. Sua mãe trabalhava como pintora e educadora.[1]

O primeiro interesse de Kharlan foi a dança, mas as aulas eram caras demais para seus pais. Quando ela tinha 10 anos, seu padrinho, o treinador de sabre Anatoly Shlikar, sugeriu que ela fizesse esgrima já que as aulas eram gratuitas.[2] Seu primeiro grande resultado foi o título nacional de juniores, vencido quando ela tinha apenas treze anos e contra adolescentes que eram quase cinco anos mais velhos.[1]

Kharlan graduo-se na Universidade Nacional de Construção Naval Admiral Makarov, em sua cidade natal. Em agosto de 2014, casou-se com o companheiro de esgrima Dmytro Boiko.[3]

CarreiraEditar

Kharlan se juntou à equipe nacional da Ucrânia aos catorze anos.[4] Sua primeira medalha em uma competição internacional foi um bronze no Campeonato Mundial Junior de 2005, em Linz, após ter sido derrotada pela campeã olímpica Mariel Zagunis;[5] ela também levou uma medalha de prata no evento por equipes. Nesse mesmo ano, ela chegou às quartas de final do Campeonato Europeu de Zalaegerszeg, apesar da idade. Em 2006, ela ficou em segundo lugar no Campeonato Europeu de Esgrima Sênior, realizado em Esmirna.[carece de fontes?]

Em 2008, Kharlan participou dos Jogos Olímpicos de Pequim. Com dezessete anos na época, ela foi derrotada pela estadunidense Sada Jacobson no evento individual. No entanto, Kharlan foi decisiva na decisão por equipes, quando foi responsável por mais das metades dos pontos conquistados contra as chinesas.[4]

Na temporada de 2008-09, Kharlan conquistou a medalha de ouro no Campeonato Europeu de Plovdiv, tanto no individual quanto por equipes, no qual a Ucrânia venceu a Rússia.[6] Em Antália, no Campeonato Mundial, a esgrimista chegou até a decisão, quando foi derrotada por Zagunis.[7] Por sua performance, ela foi descrita pelo periódico Escrime XXI como "um dos talentos mais precoces" da categoria e considerada como "a estrela do futuro."[8] No evento por equipes, a Ucrânia derrotou a França na final, terminando com a medalha de ouro. Para esta performance, Kharlan e sua equipe foram nomeadas, respectivamente, atleta e equipe do ano na cerimônia "Heróis dos Esportes da Ucrânia", realizada em abril de 2010.[9]

Em 2016, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Kharlan foi derrotada, na semifinal, pela russa Yana Egorian, mas conquistou a medalha de bronze ao vencer a francesa Manon Brunet.[10][11] No evento por equipes, ela integrou a equipe ucraniana juntamente com Alina Komashchuk, Olena Kravatska e Olena Voronina, que foram derrotadas na decisão pela Rússia, terminando a competição com a medalha de prata.[12][13] No mesmo ano, conquistou duas medalhas no Campeonato Europeu: um bronze no individual e um ouro por equipes. Por sua performance no ano, ela foi eleita "atleta feminina" do ano na cerimônia "Heróis dos Esportes da Ucrânia".[14]

Em 2017, Kharlan competiu no Campeonato Mundial, em Lípsia, quando venceu Azza Besbes, da Tunísia, por 15 a 5.[15] No ano seguinte, voltou a integrar a equipe vice-campeã europeia, na ocasião, Kharlan foi responsável por nove pontos, mas não impediu a derrota para a Rússia.[16] Apesar de ter feito uma temporada modesta, Kharlan terminou 2018 como líder do ranking internacional.[14][17]

Referências

  1. a b c Elena Draga (6 de setembro de 2013). «Ольга Харлан: "Мой любимый тоже саблист, ездит на все соревнования с моим участием"». Fakty i Kommentarii (em ucraniano). Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2014 
  2. Ollie Williams (19 de abril de 2012). «Ukraine's fencing pin-up Olga Kharlan makes her point». BBC. Consultado em 17 de maio de 2019. Cópia arquivada em 27 de julho de 2014 
  3. Відома шаблістка Ольга Харлан вийшла заміж. Gazeta.ua (em ucraniano). 23 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 23 de agosto de 2014 
  4. a b International Fencing Federation (ed.). «Kharlan, Olga (UKR)» (em inglês). Arquivado do original em 28 de julho de 2014 
  5. Jean-Marie Safra (junho de 2005). «New nations emerge in fencing elite» (PDF). Escrime XXI (52): 10–11. Arquivado do original (pdf) em 28 de julho de 2014 
  6. Marcos Lorenzo (outubro de 2009). «Olga Kharlan, the rising star» (pdf). Escrime XXI (69): 10–11 
  7. «Ukrainian women fencers win gold at World Championship» (em inglês). day.kiev.ua. Consultado em 16 de maio de 2019. Cópia arquivada em 29 de julho de 2012 
  8. Ioan Pop (outubro de 2009). «The world of fencing meets at Antalya» (pdf). Escrime XXI (69): 52–53 
  9. Герои спортивного года: Ахметов признан лучшим организатором. Bigmir.net (em ucraniano). 8 de abril de 2010. Cópia arquivada em 21 de fevereiro de 2013 
  10. «Saber fencer Kharlan takes bronze in Rio» (em inglês). censor.net.ua. 8 de agosto de 2016. Consultado em 16 de maio de 2019. Cópia arquivada em 17 de maio de 2019 
  11. «Ukrainian athlete Kharlan wins bronze medal in fencing women's sabre» (em inglês). unian.info. 9 de agosto de 2016. Consultado em 16 de maio de 2019. Cópia arquivada em 13 de agosto de 2016 
  12. «Ukraine Women Sabre Team Wins Another Silver Medal for Ukraine» (em inglês). Website oficial do Comitê Olímpico da Ucrânia. 14 de agosto de 2016. Consultado em 16 de maio de 2019. Cópia arquivada em 16 de maio de 2019 
  13. Ihor Stelmach; Matthew Dubas (26 de agosto de 2016). «Ukraine wins 11 medals at Rio, finishes in 22nd place in medals count» (em inglês). ukrweekly.com. Consultado em 16 de maio de 2019. Cópia arquivada em 16 de maio de 2019 
  14. a b Elsa Court (26 de julho de 2018). «Ukrainian fencer Olga Kharlan becomes world's No. 1» (em inglês). kyivpost.com. Consultado em 17 de maio de 2019. Cópia arquivada em 17 de maio de 2019 
  15. «Olha Kharlan becomes world champion in saber fencing» (em inglês). kyivpost.com. 24 de julho de 2017. Consultado em 17 de maio de 2019. Cópia arquivada em 17 de maio de 2019 
  16. «Senior Team Women's Saber» (PDF) (em inglês). efc-prod.s3.amazonaws.com. Consultado em 17 de maio de 2019 
  17. «Ukraine's sabre fencer Olga Kharlan tops International Fencing Federation's ranking» (em inglês). unian.info. 27 de julho de 2018. Consultado em 17 de maio de 2019. Cópia arquivada em 17 de maio de 2019 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Olha Kharlan