Onda plana

Na física, uma onda plana é um caso especial de onda ou campo: uma quantidade física cujo valor, em qualquer momento, é constante através de qualquer plano perpendicular a uma direção fixa no espaço.[1]

Para qualquer posição no espaço e a qualquer hora , o valor de tal campo pode ser escrito como

Onde é um vetor de comprimento unitário, e é uma função que dá o valor do campo como dependente de apenas dois parâmetros reais: o tempo , e o deslocamento de valor escalar do ponto ao longo da direção . O deslocamento é constante em cada plano perpendicular a .

Os valores do campo podem ser escalares, vetores ou qualquer outra grandeza física ou matemática. Eles podem ser números complexos , como em uma onda plana exponencial complexa.

Quando os valores de são vetores, a onda é dita longitudinal se os vetores são sempre colineares com o vetor , e uma onda transversal se forem sempre ortogonais (perpendiculares) a ela.[2]

ReferênciasEditar

  1. Brekhovskikh, L. (1980). Waves in Layered Media (2 ed.). New York: Academic Press. ISBN 9780323161626
  2. Jackson, John David (1998). Classical Electrodynamics (3 ed.). New York: Wiley. ISBN 9780471309321
  Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.