Ordem de Mérito (Reino Unido)

A Ordem de Mérito (francês: Ordre du Mérite) [nota 1] é uma ordem de mérito da Commonwealth que reconhece serviços diferenciados nas forças armadas, ciência, arte, literatura ou para a promoção da cultura. Fundada em 1902 pelo rei Eduardo VII, a admissão na ordem continua sendo um presente pessoal de seu soberano - atualmente a bisneta de Eduardo VII, a rainha Isabel II - e é restrita a um máximo de 24 agraciados vivos dos reinos da Comunidade, além de um número limitado de membros honorários.[1][2] Embora todos os membros tenham o direito de usar as letras pós-nominais OM e usar o emblema da ordem,[3] a precedência da Ordem de Mérito entre outras honras difere entre os países.

Ordem de Mérito
Classificação
País  Reino Unido
Outorgante Monarca britânico
(Rainha Isabel II)
Tipo Ordem honorífica
Agraciamento Civis e Militares da Comunidade das Nações
Condição Em uso
Histórico
Criação 1902
Primeira concessão 26 de junho de 1902
Última concessão 4 de novembro de 2010

Ver tambémEditar

Notas

  1. Para uso no Canadá, de acordo com a política de bilinguismo oficial do país.
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Order of Merit».

Referências

  1. «Order of Merit». Royal Household. Consultado em 28 de julho de 2009. Cópia arquivada em 18 de julho de 2009 
  2. Office of the Governor General of Canada (19 de abril de 2017). «Order of Merit». Queen's Printer for Canada. Consultado em 10 de junho de 2019 
  3. Jackson, Michael D. (verão de 2007), «The Order of Merit 1902–2002: One Hundred Years of Matchless Honour by Stanley Martin, CD» (PDF), Oakville, Ontario: Monarchist League of Canada / La Ligue Monarchiste du Canada, Canadian Monarchist News / Les Nouvelles Monarchiques du Canada (Book review) (26), p. 15, consultado em 10 de junho de 2019, cópia arquivada (PDF) em 8 de julho de 2009 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre ordens nobiliárquicas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.