Abrir menu principal

Ortoiroide é uma cultura arqueológica associada aos primeiros grupos humanos que chegaram às Antilhas. Supõe-se que eram originários do vale do Orinoco, na América do Sul, e que migraram às ilhas passando por Trinidad e Porto Rico. Irving Rouse considera que a cultura ortoroide se desenvolveu durante um longo período na América do Sul antes de transladar às Índias Ocidentais.[1] Numa datação por radiocarbono antiga dos materiais ortoiroides remonta-se a 5230 a. C. em Trindad e outra mais recente corresponde a 190 d. C.[2]

A maioria dos assentamentos arqueológicos relacionados à cultura ortoroide encontram-se em costa ou próximos a elas. Encontraram-se restos de mariscos nessas zonas, o que indica que era um alimento importante na dieta desse povo. Os portadores desta cultura foram deslocados por outras migrações, correspondentes aos grupos de cultura saladoide.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Rouse, p.63
  2. Nicholas J. Saunders (2005). The Peoples of the Caribbean: An Encyclopedia of Archeology and Traditional Culture. [S.l.: s.n.] p. 211. ISBN 978-1576077016 

BibliografiaEditar

  • Ferguson, James: Far From Paradise. Latin American Bureau, 1990. ISBN 0-906156-54-8.
  • Kurlansky, Mark. 1992. A Continent of Islands: Searching for the Caribbean Destiny. Addison-Wesley Publishing.
  • Rogozinsky, Jan: A Brief History of the Caribbean. Plume, 1999. ISBN 0-452-28193-8 (A história do Caribe até o Século XX.)
  • Rouse, Irving 1992. Irving Rouse (1992). The Tainos: Rise and Decline of the people who greeted Columbus. [S.l.]: Yale University Press. ISBN 0-300-05696-6