Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o ator. Para o jogador de futebol, veja Ávila (futebolista).
Oswaldo Ávila
Nascimento 1931
Rio Grande do Sul, SP
Morte 11 de dezembro de 2014 (83 anos)
São Paulo
Ocupação Ator e Radialista e Dublador
Cônjuge Zuma Leal Ávila

'Oswaldo' Ávila (Rio Grande - RS, 1931 - São Paulo, 11 de dezembro de 2014)to foi um ator e radialista brasileiro. Nos anos 60 trabalhou em diversas Rádios (em Porto Alegre - RS) e atuou em algumas peças de teatro, )tais como: Corpo Santo em 1965. Ainda em sua terra natal participou de filmes da dupla de música gaúcha Texeirinha e Mary Terezinha (Coração de Luto e Motorista Sem Limites). Em 1970 junto com a família se estabeleceu em São Paulo onde participou de diversas montagens teatrais, novelas (Tvs Tupi e Bandeirantes) dublagens além de locução em algumas das principais rádios em São Paulo. Participou também em alguns Filmes (Luciola - Cangaceiras Eróticas - Pais dos Tenentes - entre outros) além de ter feito alguns curta metragens para alunos de escolas de cinema da USP e Faap.

Entre os espetáculos mais conhecidos onde atuou estão “Caiu o Ministério” (Teatro do Sesi) "Um Bonde Chamado Desejo" (com Eva Wilma e Pepita Rodrigues) "Gaiola das Loucas" (com Jorge Doria) " Coroliano " (Paulo Autran) "Ricardo Terceiro" (Juca de Oliveira). Não muito conhecido do grande público mas sempre convidado a participar com os maiores nomes do teatro brasileiro, o que para ele (segundo seu filho) foi o maior orgulho e sempre muito grato pelo que seu ofício lhe proporcionou em termos de reconhecimento, amizades e dignidade.

Seu último trabalho foi na peça “Doze Homens e Uma Sentença”, onde ele substituiu o ator e diretor José Renato, que faleceu quando a peça estava em cartaz no Tuca. Nesta oportunidade realizou um de seus maiores sonhos que foi conhecer a Europa trabalhando no que mais amou na vida o Teatro e que como poucos teve a gloria de trabalhar até os últimos meses de sua vida [1]

Também lutou pelas causas da categoria artística e foi diretor-tesoureiro do SATED.

Ele morreu aos 83 anos e foi sepultado no Cemitério “Vale dos Reis”, em Taboão da Serra.[2]

Referências

  1. Folha (3 de maio de 2011). «Ator Oswaldo Ávila substitui Zé Renato em espetáculo em SP». Consultado em 8 de janeiro de 2015 
  2. satedsp.org.br (12 de dezembro de 2014). «Falece Oswaldo Ávila». Consultado em 8 de janeiro de 2015