Pachystachys lutea

Como ler uma infocaixa de taxonomiaPachystachys lutea
Corn flower.jpg
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Angiospermae
Clado: Asterídeas
Classe: Eudicotyledoneae
Ordem: Lamiales
Família: Acanthaceae
Género: Pachystachys
Espécie: P. lutea
Nome binomial
Pachystachys lutea

Pachystachys lutea (comumente chamada "flor camarão amarela") é um arbusto tropical perene nativo da América do Sul[1]. Em geral, esta espécie cresce verticalmente até 1,5 metros e se agrupa em moitas adensadas.

CaracterísticasEditar

Suas hastes são delgadas de coloração verde escura; suas folhas têm formato espatular, bordas onduladas e são arranjadas em oposição. Forma inflorescências que são racemosas, amarelo brilhantes, eretas, acima do seu dossel. Suas flores são brancas e labeladas.[2]

Foi descrita por Christian Gottfried Daniel Nees von Esenbeck (1776-1858). Outro sinônimo para a designação desta planta é: Justicia lutea.[3]

HabitatEditar

P. lutea tem a capacidade de crescer bem em áreas de sombra ou áreas a pleno sol; assim como também em solos ácidos ou levemente alcalinos, arenosos ou argilosos, embora tenha fraca tolerância a solos salinos; requer solos férteis e bem drenados. Ela pode ser facilmente propagada através de suas estacas flexíveis ou das semi-enrijecidas e inicia sua floração mesmo antes de alcançar 30 cm de estatura.[4]

Pragas e DoençasEditar

Cochonilhas e ácaros podem vir a serem pragas problemáticas para a flor camarão amarela.[5]

Referências

  1. «Taxonomy - GRIN-Global Web v 1.10.5.0». npgsweb.ars-grin.gov. Consultado em 10 de agosto de 2019 
  2. GILMAN, Edward F.; MEEROW, Alan. Pachystachys lutea Golden Shrimp Plant1.
  3. «Pachystachys lutea Nees — The Plant List». www.theplantlist.org. Consultado em 10 de agosto de 2019 
  4. GILMAN, Edward F.; MEEROW, Alan. Pachystachys lutea Golden Shrimp Plant1.
  5. GILMAN, Edward F.; MEEROW, Alan. Pachystachys lutea Golden Shrimp Plant1.