Abrir menu principal

Paciência (bairro do Rio de Janeiro)

bairro do Rio de Janeiro

Paciência é um bairro da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro.

Paciência
Bairro do Rio de Janeiro Bandeira do Município do Rio de Janeiro.png
Área 2741,80 ha (em 2003)
Fundação 23 de julho de 1981
IDH 0,751[1](em 2000)
Habitantes 140 527 (em 2019)[2]
Domicílios 41 793 (em 2019)
Limites Campo Grande, Santa Cruz, Cosmos e Nova Iguaçu[3][4]
Distrito Santa Cruz
Subprefeitura Subprefeitura da Zona Oeste
Região Administrativa Santa Cruz

Seu IDH, no ano 2000, era de 0,751, o 112º colocado entre 126 regiões analisadas no município do Rio de Janeiro.[5]

GeografiaEditar

Tem por vizinhança os bairros cariocas de Santa Cruz, Cosmos e Campo Grande,[3] e ainda o município fluminense de Nova Iguaçu.[4]

Tem aproximadamente 140 mil habitantes, 41 mil domicílios e uma área territorial de 2.741,80 hectares.[6] No bairro existem 25 escolas municipais e uma das estações ferroviárias mais antigas do país (atualmente administrada pela SuperVia). O bairro ainda é cortado pela Avenida Brasil, a principal via de acesso ao Centro da cidade e também pela Avenida Cesário de Melo, uma importante via de transportes urbanos que liga Santa Cruz a Campo Grande. A mesma possui ciclovia no trajeto. O viaduto de Paciência comunica as partes norte e sul do bairro.

Nos últimos anos, o bairro ganhou certo destaque na mídia devido ao projeto de construção de um centro de tratamento de resíduos, o chamado Lixão de Paciência, que receberia resíduos e detritos de todo o município.[7] A empresa, no entanto, foi vetada pelo Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro.

HistóriaEditar

Seu nome se deve ao Engenho da Paciência, de João Francisco da Silva, a mais antiga e importante fazenda de cana-de-açúcar existente no Brasil. Ficava na Estrada Real de Santa Cruz, onde, no início do século XIX, o local servia de hospedagem e apoio aos passageiros das carruagens, príncipes e nobres, nas excursões à Fazenda Real, localizada no bairro de Santa Cruz.

Com o advento da linha férrea, foi inaugurada, em 1897 a Estação Paciência. Sua urbanização começou na década de 1950, com o surgimento de grandes loteamentos, como o Jardim Sete de Abril, a Vila Geni, o Jardim Vitória, dentre outros. Na Avenida Brasil, foi implantado o Conjunto Jardim Palmares, o Distrito Industrial de Palmares, na divisa com Campo Grande e Conjunto Manguariba já na divisa com Santa Cruz. Mais tarde, cresceram comunidades como as de Cesarinho , Três Pontes, Divineia, Roberto Moreno, Conjunto Gouveia, Conjunto Urucânia, Saquassú,Loteamento Jardim dos Vieiras e Nova Jérsei. O núcleo principal do bairro, atravessado pelo rio Cação Vermelho, está situado entre a Serra da Paciência e o Morro de Santa Eugênia.

LoteamentosEditar

Comunidades:

Bairro Farias

Jardim Vitória

Vila Alzira I

VIla Alzira II

Bairro Martins

Cesarinho

Vila Paciência

Conjunto Urucânia

Nova Jersey

Pitocos

Conjunto Gouveias

Jamelão

Roberto Moreno

Divineia

Três Pontes

31 De Outubro

Júlia Miguel

Saquaçu

Jardim 7 De Abril (Mais conhecido como Sete de Abril)

Vila Geni

Jardim Vitória

Loteamento Jardim dos vieiras

Conjunto Jardim Palmares

Referências

  1. Tabela 1172 - Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH), por ordem de IDH, segundo os bairros ou grupo de bairros - 2000
  2. «Dados». Consultado em 25 de março de 2012. Arquivado do original em 2 de setembro de 2013 
  3. a b Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro. «Bairros - 2004» (JPG). Instituto Pereira Passos. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  4. a b Governo do Estado do Rio de Janeiro (2019). «Estado do Rio de Janeiro» (JPG). Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro (CEPERJ). Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  5. Tabela 1172 - Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH), por ordem de IDH, segundo os bairros ou grupo de bairros - 2000
  6. «Paciência - Síntese». Consultado em 24 de janeiro de 2011. Arquivado do original em 31 de julho de 2013 
  7. Novo destino para o lixo do Rio

Ligações externasEditar

  • Prefeitura do Rio de Janeiro. Website oficial. Visitado em 13 de janeiro de 2015.
  • Bairros Cariocas. Aplicativo desenvolvido pelo Instituto Pereira Passos (Prefeitura do Rio de Janeiro) que fornece dados do município, seus bairros e regiões administrativas. Visitado em 13 de janeiro de 2015.
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons