Palmilha ortopédica

Uma palmilha ortopédica é uma Órtese (pt-BR) ou Ortótese (pt) uma vez que se trata de um dispositivo externo que aplica forças sobre o corpo humano com o objectivo de modificar os aspectos funcionais ou estruturais do sistema neuromusculoesquelético. Esta pode ser utilizada com diversas finalidades como[1]:

  • corrigir dismetrias dos membros inferiores;
  • contribuir para o correto alinhamento da articulação subtalar e restantes articulações do pé;
  • obter uma correta distribuição das forças de reação e da pressão na superfície plantar.

As órteses plantares são primordialmente usadas como tratamento conservador para maioria dos problemas dos pés, como fascite plantar, neuroma de Morton, esporão de calcâneo e até simples queixas de dores.[2][3]

Alguns estudos comprovaram alteração no padrão de pressão plantar, assim como diferenças na atividade muscular dos membros inferiores após o uso de palmilhas.[4]

Elas são divididas basicamente em dois grupos: pré-fabricadas e sob medida. As do primeiro grupo são fabricadas basicamente com um apoio para o arco plantar (que pode ser ajustável) e apoio retrocapital (elevação na sabe dos metatarsos) genéricos. Podendo ser feitas de diversos materiais, comumente são encontradas em E.V.A (um tipo de espuma), plástico e silicone. Já as palmilhas do segundo grupo são fabricadas individualmente para cada pé de cada pessoa e possuem correções mais complexas, como elevações, apoio para o calcanhar e diferentes densidades. Também podem ser fabricadas em diferentes materiais, mas usualmente são de diferentes tipos de espuma ou algum plástico moldável.[5]

Referências

  1. Mills, Kathryn (2009). «Foot orthoses and gait: a systematic review and meta-analysis of literature pertaining to potential mechanisms». British Journal os Sports Medicine. Consultado em 9 de outubro de 2019 
  2. Schreiber, Kent (2011). «What is the best way to treat Morton's neuroma?». Journal of Family Practice. Consultado em 9 de outubro de 2019 
  3. Caselli, Mark (1997). «Evaluation of magnetic foil and PPT Insoles in the treatment of heel pain». Journal of the American Podiatric Medical Association. Consultado em 9 de outubro de 2019 
  4. Oishi, Atsushi (2011). «The Use of Foot Orthoses in the Management of the Rheumatoid Arthritis Patient». The International Journal of Allied Health Sciences and Practice. Consultado em 10 de outubro de 2019 
  5. Donatelli, Robert (1988). «Biomechanical Foot Orthotics: A Retrospective Study». THE JOURNAL OF ORTHOPAEDIC AND SPORTS PHYSICAL THERAPY. Consultado em 10 de outubro de 2019