Partido Pirata (Islândia)

partido político da Islândia

O Partido Pirata (em islândes, Píratar) é um partido políticos islandês, fundado a 24 de novembro de 2012[2] pela deputada Birgitta Jónsdóttir, anteriormente militante do Hreyfingin, e por vários ciberativista proeminentes, como Smári McCarthy.

Partido Pirata
Líder Birgitta Jónsdóttir
(Líder parlamentar)
Fundação 24 de novembro de 2012
Sede Reiquiavique
Ideologia Democracia direta
Ciberativismo
Espectro político Centro
Afiliação internacional Internacional de Partidos Pirata[1]
Parlamento da Islândia
6 / 63
Cores Púrpura
Página oficial
http://www.piratar.is

O partido conseguiu que lhe fosse atribuída a letra "Þ" (thorn) para figurar no boletim de voto para as eleições legislativas de 2013. Trata-se, tanto da primeira participação eleitoral do partido, como da primeira vez que um partido utiliza a letra Þ.

Referências

  1. «About the PPI». PP International (em inglês). Consultado em 26 de abril de 2013 
  2. Reitemeyer, Andrew. «Iceland has a Pirate Party». Pirate Times (em inglês) 

Ver também editar

Ligações Externas editar

  Este artigo sobre a Islândia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.