Pat Lam

jogador de râguebi de quinze neozelandês

Patrick "Pat" Richard Lam (Auckland, 29 de setembro de 1968) é um ex-jogador neozelandês de rugby union que jogou por Samoa. Atuava na posição de oitavo.[1]

Pat Lam
Informação pessoal
Nome completo Patrick Richard Lam
Data de nascimento 29 de setembro de 1968 (53 anos)
Naturalidade Auckland,  Nova Zelândia
Carreira no Rugby
Situação actual
1991
1991-1999
Flag of New Zealand.svg Nova Zelândia
Flag of Samoa.svg Samoa Ocidental/Samoa
1
34
(?)
(25)

Em 1991, fez seu único jogo pela Seleção Neozelandesa de Rugby,[1] tradicionalmente a mais forte do rugby union,[2] em uma excursão dela. Não se firmou nos All Blacks, contudo, e ainda naquele ano passou a defender a Seleção Samoana de Rugby. Estreou por Manu Samoa já na Copa do Mundo de Rugby de 1991,[1] a primeira do país (ainda Samoa Ocidental, na época), que surpreendeu, derrotando a Argentina [3] e o anfitrião País de Gales, avançando da fase de grupos.[1]

Ambos se reencontrariam com Samoa nos mundiais seguintes: no de 1995, Lam fez um dos tries de nova vitória sobre os argentinos,[4] em espetacular virada samoana: os ilhéus perdiam por 12-26 até os últimos dezoito minutos, mas terminariam vencendo por 32-26.[3] Samoa Ocidental, novamente, avançaria às quartas-de-final ali.[5] Lam também marcou um try em nova vitória sobre Gales, que outra vez era o anfitrião, na Copa do Mundo de Rugby de 1999.[1] Foi a penúltima partida dele pela seleção; despediu-se contra a Escócia, na repescagem da segunda fase daquela Copa.[4]

Referências

  1. a b c d e «Pat Lam». ESPN Scrum. Consultado em 11 de abril de 2013 
  2. PICCINI, Renato (setembro de 2011). Obsessão. Revista ESPN n. 23. Editora Spring, pp. 78-81
  3. a b BRANDÃO, Caio (14 de setembro de 2012). «História dos Pumas – Parte IV: As primeiras Copas». Futebol Portenho. Consultado em 11 de abril de 2013 
  4. a b «Pat Lam - Test matches». ESPN Scrum. Consultado em 11 de abril de 2013 
  5. ¡Alerta azul! (setembro de 2011). El Gráfico - Guía de la Copa do Mundo. Revistas Deportivas, p. 37