Paula Manga
Nome completo Paula Manga
Nascimento 7 de setembro de 1969 (50 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Atriz e cantora
Atividade 1992-2004

Paula Manga, também conhecida como Paula Hunter (Rio de Janeiro, 7 de setembro de 1969), é uma atriz e cantora brasileira.[1]

BiografiaEditar

Carioca, é filha do diretor Carlos Manga e da atriz Inalda de Carvalho. Estreou na Rede Globo em 1992 na novela Deus Nos Acuda, interpretando Sabrina, ex-mulher de Igor (Cláudio Fontana) e que tornou-se vilã, por sabotar o relacionamento entre Maria Escandalosa (Cláudia Raia) e Ricardo (Edson Celulari).[2].

Foi capa da Revista Sexy em agosto de 1993.[3]. Em 2000, 7 anos após a publicação da edição, a atriz moveu um processo contra a revista, solicitando indenização por uso indevido de sua imagem. No entanto, o Superior Tribunal de Justiça não conheceu do recurso especial que Paula moveu contra a AR&T Editores Ltda., empresa responsável pela edição da publicação. Paula alegou que “ficou aguardando as fotos para sua apreciação, sem o que não se completaria o contrato para a utilização da imagem”. A editora, segundo ela, não teria cumprido o contrato.

Morou oito anos nos Estados Unidos, e atuou como cantora country no final dos anos 90.[4] Em 2004, participou da minissérie Um Só Coração, encarnando a personagem Gilda, uma mulher de temperamento difícil, que era obcecada por Martin, interpretado pelo ator Erik Marmo. Foi o primeiro trabalho que atuou com o pai, o diretor Carlos Manga.[5]

TelevisãoEditar

DiscografiaEditar

1999 - Eu quero ser feliz - Universal/Polygram[11]Faixas:

01 Mas, Quem diria

02 Até O Amanhecer

03 Sem A Sombra da Dor

04 Eu Quero Ser Feliz

05 Só Com Você

06 Desejo

07 Eu Fecho Os Olhos e Você Está Aqui

08 Sem Olhar Pra Trás

09 Complexo de Táxi (Ele Tá Que Se Acha O Tal)

10 Vai Ou Não Vai

11 De Repente

12 Escorregadia

OutrosEditar

Teve duas músicas em trilhas sonoras da Rede Globo:

Referências