Peixinhos (Olinda)

bairro de Olinda

Peixinhos é um bairro de Olinda, Pernambuco, Brasil. Faz limite com os bairros de Jardim Brasil, Aguazinha e Sítio Novo, além de integrar a 3ª Região Político-Administrativa - RPA 3.

Peixinhos
  Bairro do Brasil  
Localização
Distrito RPA 3
Município Olinda
Características geográficas
Área total 2,96 km²
População total 36 215 [1] hab.

História editar

O rio Beberibe que divide as cidades de Olinda e Recife foi a principal razão do nascimento do bairro de Peixinhos. Neste rio, há décadas atrás, havia água cristalina e muitos peixes. Pessoas vinham de diversos bairros como Santo Amaro e Casa Amarela para pescar nele. Quando esses pescadores se encontravam, já combinavam: "Vamos pescar no rio dos peixinhos". O tempo foi passando e o nome acabou ficando. Lavadeiras iam lavar as roupas de suas patroas naquele rio, pessoas tomavam banho nele.

A formação e desenvolvimento do bairro teve início com a construção do Matadouro Industrial de Olinda, iniciada em 1874 e finalizada em 1919. O Matadouro encerrou suas atividades em 1970. Um outro marco importante na história de Peixinhos foi a inauguração, em 1957, da Fábrica Fosforita Olinda S/A, que contou com a presença do então presidente Juscelino Kubitschek na inauguração.

A origem da população de Peixinhos se deu pelo o número de trabalhadores que vieram trabalhar na fábrica e no Matadouro. Essas pessoas tinham origem pobre e baixa escolaridade.

Atualmente, Peixinhos tem como atrativo principal o comércio diversificado, representado tanto pela Feira de Peixinhos[2] quanto pela quantidade de lojas instaladas na Avenida Presidente Kennedy, principal via de acesso ao bairro.

A forma desordenada de ocupação do espaço levou Peixinhos a ter problemas estruturais, como a maioria dos bairros periféricos urbanos. Problemas como falta de pavimentação das ruas, energia elétrica, espaço público para lazer, entre outros, podem ser visto claramente quando se anda pelas ruas, vielas e becos do bairro.[3]

Iniciativas sociais dentro da comunidade editar

GCASC - Grupo Comunidade Assumindo Suas Crianças editar

Localizado no bairro de Peixinhos, o Grupo Comunidade Assumindo Suas Crianças[4] iniciou-se em 1986 com "uma família que se especializou em cuidar de outras famílias”[5], trabalhando no desenvolvimento humano e social de crianças e adolescentes e dando apoio psicossocial para as famílias do bairro. Um de seus fundadores, Oriosvaldo Limeira de Almeida, que hoje é gerente administrativo da associação, fala que o projeto tem como principal objetivo salvar vidas através da educação, preservando a cultura e valorizando o talento de cada um. São muitas as oficinas oferecidas pela ONG, dentre as quais estão a de dança, percussão, esportes, oficinas de formação profissional e de incentivo à leitura.[5]

O projeto, que tem como coordenadora Elisângela Maranhão, já sofreu várias ameaças por ter denunciado a exploração de menores no mundo do tráfico, onde estas eram usadas como “aviõezinhos”, despertando a revolta dos criminosos da comunidade e ficando sob reais riscos de morte.[5][5]

Referências

  1. http://portalolinda.interjornal.com.br/download/Tab%201%20Densidade%20demogr%E1fica.xls
  2. «Feira de Peixinhos recebeu novas bancas». Diario de Pernambuco. 17 de outubro de 2019. Consultado em 19 de julho de 2021 
  3. Guto Moraes (17 de abril de 2019). «Obras paradas causam transtorno em Peixinhos». Folha de Pernambuco. Consultado em 19 de julho de 2021 
  4. «Grupo Comunidade Assumindo Suas Crianças». Site do projeto. Consultado em 19 de julho de 2021 
  5. a b c d «Cópia arquivada». Consultado em 18 de novembro de 2011. Arquivado do original em 3 de março de 2016 

Ligações externas editar