Abrir menu principal

Perry Pirkanen é um ator americano,[1] conhecido por sua participação no gore Cannibal Holocaust (1980).

Ele foi um dos quatro atores que a polícia italiana acreditava ter sido assassinado na realização do filme de terror Cannibal Holocaust. De tão realista que foi o filme, que pouco depois do lançamento, o diretor Ruggero Deodato foi preso por acusação de assassinato. Os atores, na verdade, assinaram contratos para ficarem longe da mídia por um ano para sustentar rumores de que realmente se tratava de um filme snuff. O tribunal só se convenceu de que eles estavam vivos quando os contratos expiraram e os atores apareceram em um programa de televisão como prova.[2][3]

FilmografiaEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Gabriel Yorke interview - part 2». www.youtube.com. Consultado em 4 de julho de 2017. 
  2. Ruggero Deodato (entrevista), In the Jungle: The Making of Cannibal Holocaust, Alan Young Pictures, Itália, 2003.
  3. Ruggero Deodato, interview with Sage Stallone and Bob Murawski, Cult-Con 2000, Cannibal Holocaust DVD Commentary, Tarrytown, New York, 2000.
  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.