Abrir menu principal

Perspectiva Pictorum et Architectorum

Capa do tratado em edição de 1702

Perspectiva Pictorum et Architectorum é o título de um tratado de perspectiva direcionado para pintores e arquitetos, escrito por Andrea Pozzo e publicado em dois volumes em 1693 e 1700.

Os dois volumes foram de fato concebidos como obras separadas. O primeiro atraiu grande atenção e difundiu-se rapidamente, recebendo várias traduções; o segundo desencadeou uma resposta menos intensa, pois continha basicamente uma versão resumida do seu método. O tratado foi um dos mais influentes em seu gênero durante o século XVIII, sendo usado como referência em toda a Europa e em partes da América e Oriente.[1][2][3] Ainda hoje é tido como o melhor tratado de arquitetura do período Barroco.[4]

Sua abordagem das técnicas de perspectiva foi inovadora pela simplicidade de sua apresentação, constituindo mais um manual prático do que uma dissertação acadêmica.[5] Também introduziu novas formas de se criar a tridimensionalidade de seções e elevações arquitetônicas e projetar grades derivadas do ponto de fuga para auxílio do desenho, além de criar um método novo de se projetar o interior de uma cúpula em uma superfície plana. Embora fizesse uso de regras matemáticas para tal, ele empregou também noções puramente empíricas, derivadas das formas como o olho percebe a tridimensionalidade e a sua ilusão.[6] A obra também inclui instruções sobre a técnica do afresco, desde a preparação da parede, aplicação do reboco e finalmente a pintura propriamente dita.[7]

Referências

  1. Andersen, Kirsti. The geometry of an art: the history of the mathematical theory of perspective from Alberti to Monge. Springer, 2007, p. 386
  2. O'Toole, Jodi L. Andrea Pozzo: The Joining Of Truth And Illusion. Dissertação de mestrado. McGiII University, 1999, pp. 16-20
  3. Kaufmann, Thomas Dacosta. "East and West: Jesuit Art and Artists in Central Europe, and Central European Art in the Americas". In: O'Malley, John W. et alii. The Jesuits: cultures, sciences, and the arts, 1540-1773. University of Toronto Press, 1999, pp. 274-276.
  4. Hiermann, Veronica et alii. "Andrea Pozzo". In: Evers, Bernd (coord). Architectural theory: from the Renaissance to the present: 89 essays on 117 treatises. Taschen, 2003, p. 138
  5. O'Toole, pp. 10-13
  6. Andersen, pp.386-396
  7. Bambach, Carmen C. Drawing and painting in the Italiuan renaissance workshop: theory and practice 1300-1600. Cambridge University Press, 1999, pp. 4-6