Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a doença provocada pela bactéria Yersinia pestis. Para a doença provocada por uma estirpe de vírus, veja Gripe espanhola de 1918.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaPeste pulmonar
Microfotografia de microscópio eletrónico de varredura mostrando uma massa de bactérias Yersinia pestis no tubo digestivo proximal de uma pulga infetada.
Microfotografia de microscópio eletrónico de varredura mostrando uma massa de bactérias Yersinia pestis no tubo digestivo proximal de uma pulga infetada.
Classificação científica
Reino: Bacteria
Filo: Proteobacteria
Classe: Gammaproteobacteria
Ordem: Enterobacteriales
Família: Enterobacteriaceae
Género: Yersinia
Espécie: Y. pestis
Nome binomial
Yersinia pestis
(Lehmann & Neumann, 1896)
van Loghem 1944

Peste pulmonar, peste pneumônica (pt-BR) ou peste pneumónica (pt)[1] é uma forma severa de infeção pulmonar e uma das três variantes principais de peste, todas elas causadas pela bactéria Yersinia pestis. É mais virulenta e mais rara que a peste bubónica. A diferença entre as três variantes da doença reside na localização da infeção no organismo: a peste bubónica afeta o sistema linfático, a peste pulmonar afeta o sistema respiratório e a peste septicémica afeta a circulação sanguínea.

Geralmente, a variante pulmonar desenvolve-se a através do alastramento da infeção a partir de uma forma inicial bubónica, podendo ser primária ou secundária em relação a esta , a primaria acontece quando uma pessoa saudável entra em contato com gotículas de pessoas infectadas , de 3 a 5 dias a peste pneumônica tem um índice de mortalidade de 100% se não for tratada , e 15% se for tratada . Já na peste pneumônica secundaria ela acontece por evolução de outra forma de peste , como por exemplo via corrente sanguínea ( peste septcemica ).[2] A peste pulmonar primária resulta da inalação de pequenas gotículas infecciosas, podendo ser transmitida de humano para humano sem a intervenção de pulgas ou outros animais como vetor da doença. Não sendo tratada, tem uma elevada taxa de fatalidade.

Referências

  1. «Zoonoses». Consultado em 23 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2009 
  2. «Saúde em Movimento - Peste». Consultado em 23 de dezembro de 2014 
  Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.