Pesto (cidade)

antiga cidade grega

Pesto[1] (em latim: Paestum, do arcaico Paiston) foi uma grande cidade da Magna Grécia, localizada no sul da Itália, na região da Campânia, pertencendo hoje à comuna de Capaccio.[2]

Templos de Hera e Posidão em Pesto

Foi fundada no fim do século VII a.C. por colonos de Síbaris, e foi originalmente chamada de Posidônia. Continuou a prosperar durante o Império Romano, recebendo privilégios especiais. A partir do século IV d.C. começou a declinar e foi abandonada na Idade Média. Só foi redescoberta no século XVIII. Sua importância está nas ruínas que preservou, sendo um famoso sítio arqueológico, com três grandes templos gregos, tumbas e outros edifícios. Foram encontrados também uma quantidade de objetos de arte e de uso diário, além de alguns dos extremamente raros exemplares de pintura da Grécia Antiga. A maior parte do sítio ainda não foi escavada. Foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Referências

  1. Duarte, Cláudio Walter Gomez. "Elegância" e "Sutileza" na Concepção dos Templos Dóricos Gregos (sécs. V-II a.C.). São Paulo: Universidade de São Paulo, Museu de Arqueologia e Etnografia. p. 9 
  2. Cancik, Hubert; Schneider, Helmuth (eds.). «Poseidonia, Paistos, Paestum.». Brill’s New Pauly. Brill Online. Consultado em 5 de novembro de 2013 

Ligações externasEditar