Philodendron bipinnatifidum


Como ler uma infocaixa de taxonomiaThaumatophyllum bipinnatifidum
Thaumatophyllum bipinnatifidum
Thaumatophyllum bipinnatifidum
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Alismatales
Família: Araceae
Género: Thaumatophyllum
Espécie: T. bipinnatifidum
Nome binomial
"'Thaumatophyllum bipinnatifidum
Schott
ex Endl.
Sinónimos

Banana-de-macaco é uma planta da família das aráceas.

A banana-de-macaco (Thaumatophyllum bipinnatifidum), também é conhecida pelos nomes de guaimbê, manacá, bambu-do-brejo, imbê, banana de imbê, banana-de-morcego, banana-do-brejo e banana-do-mato, banana-de-bugre e aningaiba[1].

A "banana-de-macaco" é uma planta nativa da mata atlântica, encontrada no Paraguai e no sul e sudeste do Brasil; Possui similaridade com a costela de Adão (Monstera deliciosa), muito embora não sejam do mesmo gênero, mas difere desta por não apresentar furos nas folhas e ter os recortes mais finos e ondulados.

É uma planta moderadamente tóxica (principalmente as folhas) cujo princípio ativo é o oxalato de cálcio. Possuía entre os nativos e remanescentes do meio rural brasileiro o uso na pesca em pequenos rios e lagoas: o caldo de suas folhas, maceradas é jogado nas águas, o que provoca o entorpecimento dos peixes que, assim, flutuam na superfície, bastando então a coleta.

De suas raízes também era comum o uso para a confecção de cestos, barbantes, e outros apetrechos.

Seu uso atual restringe-se à ornamentação e jardinagem.

Referências

  1. «Site Colecionando Frutas». Consultado em 14 de dezembro de 2014