Abrir menu principal

Pinheiro (Castro Daire)

freguesia de Castro Daire, Portugal
Portugal Portugal Pinheiro 
  Freguesia  
Brasão de armas de Pinheiro
Brasão de armas
Localização no concelho de Castro Daire
Localização no concelho de Castro Daire
Pinheiro está localizado em: Portugal Continental
Pinheiro
Localização de Pinheiro em Portugal
Coordenadas 40° 56' 24" N 7° 59' 10" O
País Portugal Portugal
Distrito Viseu
Administração
- Tipo Junta de freguesia
- Presidente José António da Silva Gomes Fernandes (PS) (2009-presente)
Área
- Total 19,6 km²
População (2011)
 - Total 730
    • Densidade 37,2 hab./km²
Código postal 3600
Orago S. João

Pinheiro é uma freguesia portuguesa do concelho de Castro Daire, com 19,6 km² de área e 730 habitantes (2011). A sua densidade populacional é 37,2 hab/km². Fica a uma distância de 8 quilómetros da sede do concelho.

No século XIII, Pinheiro era paróquia da chamada Terra de Moção, estando sujeita a pesados tributos em géneros e até em dinheiro. A então designada paróquia de S. João Baptista de Pinheiro de Paiva ou, então, S. João de Pinheiro de Paiva já pertencia à primitiva diocese de Lamego chamando-se Cantabrano, assim está mencionado no “Parachiale” suévico do século VI. Foi vila e sede do concelho então chamado Pinheiro e Moção que foi extinto em 1834.[1]

Desta forma, as origens desta freguesia remontam à época da ocupação germânica e nos primórdios da cristianização desta região. Sabe-se que foi depois da fundação da Nacionalidade que o povoamento foi feito nesta freguesia, através de casais que pertenciam, na sua totalidade, ao rei (reguengos). No século XVI, D. Manuel reforma o foral de Moção e concede foral a Pinheiro, a 13 de Junho de 1514 em Lisboa. Nesta altura, a população de Pinheiro era formada por dez casais agrícolas e cada um pagava ao rei vinte alqueires de pão, trigo, cevada ou milho, centeio, pelo linho três “manadas” (mão cheia) e quarenta reais. Os maninhos e montados pertenciam ao concelho e o gado do vento (perdido) era direito régio.

O foral dado a Pinheiro era uma réplica do de Lamego que serviu de minuta para outros, o que demonstra a importância de Lamego nesta altura. O monumento a destacar é a sua igreja constituída por dois corpos, a capela-mor e a parte do corpo da igreja alongada em 1713. Na altura das Inquirições, em 1258, o juiz da Terra de Moção confirma a posse da igreja e a paróquia à coroa régia. Então, em 1517, D. Manuel doou-a como Comenda à Ordem de Cristo, autorizado pelo Papa Leão X.

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Pinheiro [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 648 1 613 1 544 1 573 1 781 1 555 1 764 1 718 1 951 1 759 1 362 1 111 964 868 730
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 126 96 371 275 14,5% 11,1% 42,7% 31,7%
2011 57 60 328 285 7,8% 8,2% 44,9% 39,0%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

Povoações da FreguesiaEditar

  • Cetos
  • Desfeita
  • Moção
  • Pereira
  • Pinheiro
  • Portela de Ribas
  • Póvoa de Montemuro
  • Ribas
  • Trancoso
  • Várzea Longa
  • Vila Nova
  • Vila Seca

Actividades económicasEditar

  • Agricultura
  • Pecuária
  • Apicultura
  • Construção civil
  • Comércio

Serviços SociaisEditar

  • Lar de Idosos

Festas e romariasEditar

  • S. José (19 de Março)
  • Santo António (domingo próximo de 13 de Junho)
  • S. João (24 de Junho)
  • Nossa Senhora da Visitação (1º domingo de Agosto)

Património cultural e edificadoEditar

  • Igreja paroquial
  • Cruzeiro da Independência

Locais turísticosEditar

  • Praia fluvial nas margens do rio Paiva
  • Lugares de Santa Helena e Outeiro de Baixo
  • Lapardeiras
  • Serra de Montemuro

GastronomiaEditar

  • Cabrito assado
  • Feijão com couves
  • Presunto
  • Enchidos
  • Queijo
  • Manteigas caseiras

ArtesanatoEditar

  • Tecelagem de linho
  • Colchas de farrapão
  • Tamancaria
  • Cestaria
  • Rendas e bordados

ColectividadesEditar

  • Associação Recreativa e Cultural da Póvoa de Montemuro
  • Associação Cultural de Pereira
  • C.D.R.C. Cetos
  • Rancho Folclórico de Cetos - Extinto
  • Associação de Solidariedade Social de Santa Isabel
  • Associação Cultural e Recreativa de Vila Nova
  • Associação Cultural e Recreativa de Ribas

CulturaEditar

  • Tuna de Cetos
  • Os Carvoeiros - Povoa de Montemuro (Música tradicional) - Inactivo

Instituições de CetosEditar

  • Escola 1.º CEB
  • Associação de Solidariedade Social Santa Isabel

Instituições de Vila NovaEditar

  • Escola 1.º CEB
  • Centro Cultural Desportivo e Recreativo Vila Nova

Instituições de PereiraEditar

  • Centro Cultural Desportivo e Recreativo da Pereira
  • Escola 1.º CEB

Instituições de Póvoa de MontemuroEditar

  • Escola 1.º CEB
  • Associação Recreativa e Cultural da Póvoa de Montemuro

Instituições de MoçãoEditar

  • Escola 1.º CEB

Instituições de Vila SecaEditar

  • Escola 1.º CEB

Colectividades de RibasEditar

  • Associação Recreativa e Cultural de Ribas

Referências

  1. «Paróquia de Pinheiro». Arquivo Distrital de Viseu. Consultado em 26 de Outubro de 2013 
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes

Ligações externasEditar