Piquetero (Argentina)

Piquetero é um termo em castelhano que designa o movimento iniciado por trabalhadores desempregados, egressos da empresa petroleira argentina YPF (Yacimientos Petrolíferos Fiscales), na década de 1990. O movimento piquetero surgiu em 1996, poucos anos antes da crise econômica da Argentina (1999 - 2002), resultante, em grande parte, da adoção da política de câmbio fixo. Naqueles anos, o país mergulhou em profunda recessão econômica, que levaria à queda do governo de Fernando de la Rúa, em 2001.[1]

Grupo de piqueteros.

Referências

  1. PACHECO, Mariano. Del piquete al movimiento. Parte 1: De los orígenes al 20 de diciembre de 2001. Cuadernos de la FISyP, n°11, junho de 2004.


  Este artigo sobre a Argentina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


  Este artigo sobre movimentos sociais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.