Pirã Gusnaspe

Pirã Gusnaspe (em persa médio: Piran Gušnasp), também conhecido por seu nome de batismo Gregório, era um comandante parta da Casa de Mirranes. No início do século VI, foi nomeado marzobã (governador) da Ibéria.[1] Serviu como um dos comandantes do Império Sassânida na Guerra Lázica (541–561) travada entre o Cosroes I (r. 531–579) e o imperador Justiniano I (r. 527–565) do Império Bizantino. Se converteu ao cristianismo e foi denunciado por seus familiares, o que acarretou em sua execução em 18 de abril 542 em Perisapora.[2][3]

Pirã Gusnaspe
Morte 18 de abril de 542
Nacionalidade
Derafsh Kaviani.png
Império Sassânida
Ocupação Marzobã

Referências

  1. Rayfield 2013, p. 47.
  2. Jullien 2008.
  3. Greatrex 2002, p. 110; 271, nota 38.

BibliografiaEditar

  • Greatrex, Geoffrey; Lieu, Samuel N. C. (2002). The Roman Eastern Frontier and the Persian Wars (Part II, 363–630 AD). Londres e Nova Iorque: Routledge. ISBN 0-415-14687-9 
  • Jullien, Christelle (2008). «Martyrs, Christian». Enciclopédia Irânica. Nova Iorque: Imprensa da Universidade de Colúmbia 
  • Rayfield, Donald (2013). Edge of Empires: A History of Georgia. Londres: Reaktion Books