Uma pista de esqui é um percurso numa estância de esqui tornado segurado e preparado para permitir a prática do esqui, snowboard e outros desportos de inverno nas melhores condições possíveis. Entre os desportos e muitas variantes que se praticam em pistas de esqui encontram-se o esqui alpino, o esqui de fundo, o monoesqui, o airboard, o skijöring, o snowboard, o skwal, o snowscoot e o telemark.

Pista penteada e ainda não esquiada, em Seibelseckle, Alemanha

Segurança editar

 
O ponto 15 da pista preta Agate, em Flaine)

A segurança numa estância de esqui tem características tão variadas como a de fazer saltar os pontos de avalancha utilizando explosivos, marcar os limites da pista, ou prepará-la utilizando uma niveladora de neve.

Cada pista é marcada com uma placa com:

  • um número, decrescente do cimo até à parte mais baixa da pista;
  • o nome da pista, para facilitar a orientação quando se pretende chegar a um determinado lugar e é preciso tomar-se mais do que uma pista;
  • a cor, correspondendo à dificuldade.

Este serviço é feito pelo pisteiro-socorrista por vezes com a colaboração dos professores de esqui.

Sinalização editar

Na Europa o grau de dificuldade das pistas de esqui é assinalado por cores, do seguinte modo[1]:

Cor Dificuldade
Verde : pista muito fácil
Azul : pista fácil
Vermelha : pista difícil
Preta : pista muito difícil
Amarelo : pista de ligação ou pista difícil segirizada ou pista delimitada mas não preparada (damée).

Na América do Norte o sistema de sinalização é diferente:

Classificação das pistas Símbolo Nível de dificuldade
Green Circle
(círculo verde)
  Fácil
Blue Square
(quadrado azul)
  Intermédio
Black Diamond
(losango negro)
  Difícil
Double Black Diamond
(duplo losango negro)
  Extremamente difícil

Referências

  1. «Domaines Skiables en France» (em francês). Consultado em 1 Jan. 2013. Arquivado do original em 2 de março de 2014