Abrir menu principal
Plexo mioentérico, num coelho. Ampliação: 50x

O plexo mioentérico ou plexo de Auerbach faz parte do sistema nervoso entérico. É formado por uma cadeia de neurônios e células da glia interconectados, que coordenam principalmente as contrações no trato gastrintestinal. Situa-se entre as fibras longitudinais e circulares da camada muscularis[1].

Está presente em todo o trato gastrintestinal. Atua de modo predominantemente excitatório, no controle do peristaltismo, aumentando a contração tônica da parede muscular, a frequência e intensidade da contração e aumentando a velocidade de transmissão das ondas excitatórias.[2]

Servem de estímulo para o plexo a distensão do intestino pelo acúmulo de certa quantidade de alimento num ponto do trato gastrintestinal, irritação do epitélio e sinais nervosos extrínsecos do sistema nervoso parassimpático. Na ausência congênita do plexo mioentérico, o peristaltismo - quando ocorre - é extremamente fraco.[2]

EpônimoEditar

O plexo mioentérico é chamado pelo epônimo "plexo de Auerbach" por ter sido descoberto pelo anatomista alemão Leopold Auerbach.[3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. TORTORA, Gerard J. (2014). Principles of Anatomy and Physiology. United States of America: Wiley. 890 páginas 
  2. a b GUYTON, Arthur C. HALL, John E. Tratado de Fisiologia Médica. 9ª ed. Guanabara Koogan. 1997. Pgs. 717, 718.
  3. Who Named It? Leopold Auerbach (em inglês)
  Este artigo sobre Fisiologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.