Abrir menu principal
Ponto a Ponto
Informação geral
Formato Game show
Duração 60 minutos
Criador(es) Miguel Paiva
Boni
Baseado em El Gran Juego de la Oca, da TVI
Desenvolvedor(es) Rede Globo
País de origem Brasil Brasil
Idioma original (português)
Produção
Diretor(es) Maurício Tavares
Apresentador(es) Ana Furtado
Danielle Winits
Márcio Garcia
Tema de encerramento "Walkürenritt", Richard Wagner
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 31 de março4 de agosto de 1996
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 19

Ponto a Ponto foi um programa de televisão brasileiro do gênero game show,produzido e exibido pela Rede Globo entre 31 de março a 4 de agosto de 1996.[1] Foi uma versão do programa italiano Il Grande gioco dell'oca, e era exibido nas tardes de domingo. O programa era presentado por Ana Furtado, Danielle Winits e Márcio Garcia.

Dois jovens gaúchos morreram tentando imitar a brincadeira da bola de fogo do programa, o que fez com que a emissora o cancelasse temendo que ocorressem outros fatos como este devido ao teor perigoso das provas.[2][3]

O programaEditar

Participavam quatro casais de estudantes representando diferentes escolas, acompanhados de suas respectivas torcidas, com o objetivo de acumular o maior número de pontos. As brincadeiras consistiam em passar por compartimentos contendo cobras, rãs e ratos, praticar tiro ao alvo, subir em pau-de-sebo, escalar paredes e driblar jatos d’água e bolas de fogo. Aqueles que realizassem primeiro as cinco tarefas, divididas pelos respectivos blocos do programa, levavam o prêmio: o equivalente em dinheiro à pontuação alcançada. A dupla vencedora voltava no domingo seguinte. Atingindo 30 mil pontos, cada participante da dupla ganhava um carro zero quilômetro.

EquipeEditar

  • Roteiro: Miguel Paiva
  • Direção: Maurício Tavares
  • Gerência de produção: Antônio Carlos
  • Direção de produção: Antônio Augusto

Provas do programaEditar

  • Velocípede
  • Bola de Fogo
  • Chave
  • Elástico
  • Jato D'Agua
  • Grampo
  • Eletro
  • Ganchos
  • Tesouro
  • Ping Pong Submarino
  • Guilherme Tell
  • Mala D'Agua
  • Telhado
  • Pau de Sebo
  • Peso Certo
  • Gangorra
  • Tato
  • Carro com Joias
  • Gaiola
  • Banheira
  • Rede
  • Auto Flagelação
  • Para Quedas
  • Depilação
  • Jaula Voadora
  • Cordas
  • Futebol
  • Escada Rampa
  • Dança do Ventre
  • Espantalho
  • Escalada na Neve
  • Timão
  • Macaco na Piscina
  • Prisão
  • Corda Bamba
  • Marilyn Monroe
  • Pula Caixa
  • Furadeira
  • Trapézio
  • Caixa Magica
  • Elástico na Piscina
  • Basquete Voador
  • Prédio
  • Caixa Com a Mulher
  • Bola de Ferro
  • Meio Quilo
  • Dentadura
  • Mãos
  • Casa Desabando
  • Ralação
  • Cimento
  • Poste
  • Cama
  • Arvore
  • Atirador de Facas
  • Sino
  • Tiro ao Alvo
  • Caixa

AudiênciaEditar

O primeiro programa marcou uma média de 19 pontos contra 14 do SBT que apresentava Domingo Legal.[4]

Referências

  1. «Gincana terá cobras e striptease». Folha de São Paulo. 31 de março de 1996. Consultado em 18 de novembro de 2017 
  2. Mitchell, José (20 de maio de 1996). «Brincadeira da bola de fogo causa 2ª morte». Jornal do Brasil (Arquivado no TV Pesquisa da PUC Rio) 
  3. Mitchell, José (18 de maio de 1996). «Garoto morre imitando a TV». Jornal do Brasil (Arquivado no TV Pesquisa da PUC Rio) 
  4. Velloso, Beatriz (28 de abril de 1996). «Ponto a Ponto mandou mal mesmo». O Estado de São Paulo (Arquivado no TV Pesquisa da PUC Rio)