Abrir menu principal


Popular da Tarde, ou simplesmente Pop,[1] foi um jornal diário da cidade de São Paulo, Brasil, que circulou entre 2 de dezembro de 1968 e 16 de novembro de 1988.

Parte da capa do Popular da Tarde de 26 de agosto de 1973. Fotografada no Arquivo Público do Estado de São Paulo.

Versão vespertina do Diário Popular, sua primeira edição circulou em 2 de dezembro[2] de 1968.[3] A rotativa que imprimiu os exemplares da primeira edição foi acionada pelo então prefeito José Vicente Faria Lima.[4] O governador Abreu Sodré participaria da cerimônia, porém seu voo desde o Rio de Janeiro atrasou-se, devido ao mau tempo.[4] "Baseados numa tradição de 84 anos [em referência à idade que o Diário Popular contava então], mas com uma juventude espiritual que nos permite encarar com naturalidade o presente e corajosamente o futuro, lançamos hoje este primeiro número do Popular da Tarde", publicou o periódico, em seu primeiro editorial.[2]

Em junho de 1976, quando as redações do Diário Popular e do Popular da Tarde se mudaram da Rua do Carmo para a Rua Major Quedinho (no prédio que a empresa comprou de O Estado de S. Paulo), o vespertino foi o primeiro jornal dos dois a ser impresso nas novas instalações, com novo formato[5] e novo projeto gráfico.[6]

O jornal circulou até 1988, tendo sua última edição em 16 de novembro.[7] "Depois de quase vinte anos de atividades na área esportiva, ele encerra suas atividades como jornal avulso e passa a ser um caderno esportivo de oito páginas diárias do centenário Diário Popular", escreveu o editor-chefe, Sérgio Carvalho.[7]

Referências

  1. «Pop completa hoje seu 6.º aniversário"». São Paulo: Diário Popular. Diário Popular (29 205). 3 páginas. 2 de dezembro de 1974 
  2. a b «Popular da Tarde: a primeira mudança, oito anos depois». São Paulo: Diário Popular. Diário Popular (29 767). 3 páginas. 22 de junho de 1976 
  3. «Na próxima semana, Popular da Tarde será impresso na Rua Major Quedinho». São Paulo: Diário Popular. Diário Popular (29 763). 3 páginas. 18 de junho de 1976 
  4. a b «São Paulo ganha um nôvo [sic] jornal». São Paulo: Diário Popular. Diário Popular (27 036). 5 páginas. 3 de dezembro de 1968 
  5. «Uma parte da nossa empresa começa a funcionar hoje na Major Quedinho». São Paulo: Diário Popular. Diário Popular (29 766). 3 páginas. 21 de junho de 1976 
  6. «Balcão de anúncios na Major Quedinho começa na 2.ª-feira». São Paulo: Diário Popular. Diário Popular (29 764). 3 páginas. 19 de junho de 1976 
  7. a b Sérgio Carvalho (16 de novembro de 1988). «Toque de Bola». São Paulo: Diário Popular. Popular da Tarde (6 196). 3 páginas