Abrir menu principal

Artigo selecionado/1

Portal:Líbano/Artigo selecionado/1

Throne of Ashtart.jpg

O Templo de Eshmun (em árabe: معبد اشمون) é um antigo local de culto dedicado a Eshmun, o deus da cura fenício. Localiza-se próximo ao rio Awali, a dois quilômetros de Sidom, no sudoeste do Líbano. O sítio foi ocupado do século VII a.C. ao século VIII d.C., o que sugere uma relação integrada com a cidade vizinha. Embora tenha sido construído originalmente pelo rei sidônio Esmunazar II, durante o período aquemênida (por volta de 529-333 a.C.) para comemorar a recuperação da antiga glória e riqueza da cidade, o complexo do templo foi expandido enormemente por Bodashtart, Yatan-milk e pelos monarcas que lhes sucederam. Devido aos trabalhos de reforma e expansão realizados ao longo dos séculos, e que abrangeram períodos que alternaram independência e hegemonia estrangeira, o santuário apresenta uma rica gama de estilos e influências arquitetônicas e decorativas.

Flag-map of Lebanon.svg Leia mais ...


Artigo selecionado/2

Portal:Líbano/Artigo selecionado/2

FatehMilitia.jpg

A insurgência palestina no sul do Líbano foi um conflito iniciado por militantes palestinos baseados no sul do Líbano contra Israel a partir de 1968, que evoluiu para a Guerra Civil Libanesa em 1975 e perdurou até a expulsão da Organização de Libertação da Palestina do Líbano na Guerra do Líbano de 1982. Embora a Frente Popular para a Libertação da Palestina e algumas outras facções palestinas continuassem com as atividades militares de baixo nível contra Israel a partir do território libanês, depois de 1982, o conflito é considerado como tendo deslocado de um conflito palestino-israelense para um conflito Israel-Hezbollah. A insurgência no sul do Líbano, que atingiu o pico durante os anos 1970, causou a morte de centenas de militares e civis israelenses e palestinos, e é considerada um dos elementos centrais para o inicio da Guerra Civil Libanesa.

Flag-map of Lebanon.svg Leia mais ...