Prémio Ferreira Chaves

O Prémio Ferreira Chaves foi criado pela Academia das Belas Artes.[1] Este prémio anual, criado com a finalidade de premiar os alunos de pintura da Academia das Belas Artes que se distinguiam pelos seus esbocetos,[1] homenageava o pintor José Ferreira Chaves.

Em 1983 foram criados dois prémios anuais da Academia Nacional de Belas-Artes que vieram substituir o Prémio Anunciação, o Prémio Lupi, o Prémio Ferreira Chaves, o Prémio Luciano Freire, o Prémio Rocha Cabral, o Prémio Soares dos Reis, o Prémio Barão de Castelo de Paiva, o Prémio Júlio Mardel e o Subsídio de viagem do legado dos Viscondes de Valmor[2]

Premiados [1]Editar

Referências

  1. a b c «Documentos relativos à concessão de prémio / Representação digital». Arquivo Nacional / Torre do Tombo. 1879 / 1964. Consultado em 18 de Julho de 2012. Arquivado do original em 23 de fevereiro de 2014  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. «Decreto-Lei n.º 42/83». Diário da República Eletrónico. 25 de Janeiro de 1983. Consultado em 23 de Julho de 2012 [ligação inativa]
  Este artigo sobre pintura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.