Abrir menu principal

Princípio da horizontalidade original

Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde janeiro de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Uma seção estratigráfica do Ordoviciano, no Tennessee central, E.U.A. Os sedimentos que compõem estas rochas foram formados em um oceano e depositados em camadas horizontais.

O princípio da horizontalidade original foi proposto pelo pioneiro geólogo dinamarquês Nicholas Steno (1638-1686). Este princípio estabelece que camadas de sedimentos são originalmente depositados horizontalmente. O princípio é importante para a análise do estrato geológico. O estrato, a quando a sua formação, é horizontal e paralelo à superfície de deposição. A partir dessas observações derivou a conclusão de que a Terra não se formou de um movimento estático, e sim de grandes forças de trabalho ao longo de grandes períodos de tempo, formando a teoria das placas tectónicas.

Assim, o princípio da horizontalidade original é muito aplicável, embora não universalmente, ao estudo da sedimentologia, estratigrafia e geologia estrutural.

Ícone de esboço Este artigo sobre Geologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.