Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2016). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O princípio do primado do direito da União Europeia garante a superioridade do direito europeu sobre os direitos nacionais dos Estados-membros da União Europeia (UE). Isto significa que se uma norma jurídica de um Estado-membro estiver em conflito com uma norma comunitária prevalece a segunda, ou seja, a comunitária. Este princípio aplica-se a todos os atos europeus com força vinculativa.

É uma doutrina jurídica que surgiu da jurisprudência do Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE), consagrado no acórdão Costa contra Enel de 15 de julho de 1964.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar