Abrir menu principal

Programa Nacional de Atividades Espaciais

Índice

O Programa Nacional de Atividades Espaciais (PNAE), é o principal instrumento de planejamento e programação por períodos decenais da Política Nacional de Desenvolvimento das Atividades Espaciais (PNDAE), instituída pelo Decreto n.º 1.332, de 8 de dezembro de 1994.[1][2]

É a Política Nacional de Desenvolvimento das Atividades Espaciais que estabelece objetivos e diretrizes para os programas e projetos nacionais relativos à área espacial.[1]

A responsabilidade pela coordenação e atualizações do Programa Nacional de Atividades Espaciais é da AEB.[1][3]

1977Editar

No primeiro Seminário de Atividades Espaciais (SAE), realizado no Rio de janeiro, são lançadas as bases do PNAE para o primeiro período.[4]

1978-1985Editar

Os principais projetos previstos para esse período foram os seguintes:[4]

  • Desenvolvimento, construção e colocação em órbita de um conjunto completo de satélites nacionais
  • Através de um veículo lançador, também brasileiro, o VLSS (Veículo Lançador de Satélites a Propelente Sólido)

Os dois primeiros anos, 1978-79, seriam dedicados a formação de recursos humanos e busca de orçamento.[4]

1994-1996 - RevisãoEditar

Uma grande restruturação ocorreu nesse período:

  • Estabelecimento da Política Nacional de Desenvolvimento das Atividades Espaciais (Pndae) em 8 de dezembro de 1994
  • Em 10 de julho de 1996, ficou definido que a AEB seria o órgão coordenador geral do Sistema Nacional de Desenvolvimento das Atividades Espaciais (Sindae).

1996-2005Editar

1998-2007Editar

2004 - RevisãoEditar

Uma grande avaliação e revisão do PNAE ocorreu em 2004 sendo publicada em 2005. [5]

2005-2014Editar

Esta foi a terceira edição do PNAE, os dois principais objetivos eram:

  • Consolidação do CLA e comercialização de lançamentos a partir dele
  • Finalizar o desenvolvimento do VLS para satélites de 600 kg em órbitas de 800 km [5]

2009-2010 - RevisãoEditar

Uma grande avaliação e revisão do PNAE ocorreu entre 2009 e 2010

2012-2021Editar

O PNAE que está atualmente, é a sua quarta edição.[6]

2013Editar

Os principais projetos previstos para 2013, são os seguintes: [6]

  • Lançamento do satélite CBERS-3;
  • Lançamento do VLS-1 VSISNAV;
  • Lançamento do SARA Suborbital I.

2014 em dianteEditar

Outros projetos citados, que podem vir a ser concluídos, são os seguintes: [6]

Referências

  1. a b c «AEB - Programa Espacial». AEB. Consultado em 24 de fevereiro de 2013 
  2. DECRETO Nº 1.332, DE 8 DE DEZEMBRO DE 1994 - Aprova a atualização da Política de Desenvolvimento das Atividades Espaciais - PNDAE.
  3. LEI Nº 8.854, DE 10 DE FEVEREIRO DE 1994 - Cria, com natureza civil, a Agência Espacial Brasileira (AEB) e dá outras providências.
  4. a b c «O sistema de gestão da Missão Espacial Completa Brasileira-MECB: uma avaliação de sua contribuição ao desenvolvimento do programa». Fundação Getúlio Vargas. 1997. Consultado em 24 de abril de 2013  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "FDGV1" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  5. a b Programa Nacional de Atividades Espaciais 2005-2014
  6. a b c PNAE 2012-2021

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar