Projeto Genoma Humano

O Projeto Genoma Humano foi um projeto de pesquisa científica internacional com o objetivo de determinar os pares de bases que compõem o DNA humano e de identificar, mapear e sequenciar todos os genes do genoma humano do ponto de vista físico e funcional.[1] Continua sendo o maior projeto biológico colaborativo do mundo.[2] O planejamento começou depois que a ideia foi adotada em 1984 pelo governo dos EUA, o projeto foi formalmente lançado em 1990 e foi declarado essencialmente completo em 14 de abril de 2003, mas incluiu apenas cerca de 85% do genoma.[3] O nível "genoma completo" foi alcançado em maio de 2021, com apenas 0,3% de bases restantes cobertas por possíveis problemas.[4][5] O cromossomo Y ausente foi adicionado em janeiro de 2022.

Logo do Projeto Genoma Humano

O financiamento veio do governo americano através do National Institutes of Health (NIH), bem como de vários outros grupos de todo o mundo. Um projeto paralelo foi conduzido fora do governo pela Celera Corporation, ou Celera Genomics, que foi formalmente lançada em 1998. A maior parte do sequenciamento patrocinado pelo governo foi realizada em vinte universidades e centros de pesquisa nos Estados Unidos, Reino Unido, Japão, França, Alemanha e China.[6]

O Projeto Genoma Humano originalmente visava mapear os nucleotídeos contidos em um genoma de referência haploide humano (mais de três bilhões). O "genoma" de qualquer indivíduo é único; mapear o "genoma humano" envolvia o sequenciamento de um pequeno número de indivíduos e, em seguida, a montagem para obter uma sequência completa para cada cromossomo. Portanto, o genoma humano finalizado é um mosaico, não representando nenhum indivíduo. A utilidade do projeto vem do fato de que a grande maioria do genoma humano é o mesmo em todos os humanos.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Robert Krulwich (2003). Cracking the Code of Life (Television Show). PBS 
  2. «Economic Impact of the Human Genome Project – Battelle» (PDF). Consultado em 1 de agosto de 2013. Cópia arquivada (PDF) em 23 de dezembro de 2012 
  3. «Human Genome Project Completion: Frequently Asked Questions». National Human Genome Research Institute (NHGRI) 
  4. «CHM13 T2T v1.1 – Genome – Assembly – NCBI». www.ncbi.nlm.nih.gov. Consultado em 16 de junho de 2021 
  5. «Genome List – Genome – NCBI». www.ncbi.nlm.nih.gov. Consultado em 16 de junho de 2021 
  6. «Human Genome Project Completion: Frequently Asked Questions». genome.gov 

Ligações externasEditar