Prostilo

Prostilo (em grego: πρόστυλος, transl.: próstylon, «que tem colunas à frente», pelo latim prostȳlos, «idem»), em arquitectura, é um edifício, de base rectangular e cerrado, que possui um pórtico com uma fileira de quatro a seis colunas apenas na sua fachada anterior,[1] ou principal e que não possui colunas exteriores nas restantes laterais. O espaço de entrada do templo prostilo é delimitado por esses elementos.[2] Este estilo pode ser encontrado em particular nos templos gregos e etruscos, tendo os romanos mais tarde incorporado este motivo nos seus edifícios.

Um tetrastilo prostilo, um templo do período Gupta em Sanchi (Índia).
Prostilo.

Segundo Vitrúvio (III, 2), as colunas eram quatro; mas, não fosse o templo na ilha Tiberina por si citado e outros, não se conhece mais nenhum do mesmo tipo, mas sim templos com diferentes números de colunas na frontaria.[3]

Alguns exemplos de templos prostilo mencione-se o Templo de Antonino e Faustina, na Via Sacra do Fórum Romano ou Templo de Magna Mater, no Palatino.

Aos templos que apresentam colunas nas fachadas anterior e posterior, chamam-se-lhes anfiprostilo.[4]

Referências

  1. Fleming, John; et al. (1981). The Penguin Dictionary of Architecture. Harmondsworth, Middlesex, England: Penguin Books. 254 páginas 
  2. «Prostilo». Infopédia. Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  3. Luigi Crema - Enciclopedia Italiana (1935). «Prostilo» (em italiano). treccani.it 
  4. Luigi Crema - Enciclopedia Italiana (1929). «Anfiprostilo» (em italiano). treccani.it