Abrir menu principal

Pinciano (quartiere)

(Redirecionado de Q. III Pinciano)
Quartiere Pinciano
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com o monte Pinciano, também em Roma.

Pinciano é o terceiro quartiere de Roma e normalmente indicado como Q. III. Seu nome é uma referência ao monte Pinciano.

GeografiaEditar

 
Brasão do Quartiere Pinciano.

Este quartiere está localizado ao norte da cidade, encostado do lado de fora da Muralha Aureliana. Suas fronteiras são:

  • ao norte está o Q. II Parioli, do qual está separado pela Viale Maresciallo Pilsudski, pela Viale dei Parioli e pela Viale Liegi no trecho até a Via Salaria.
  • a leste está o Q. IV Salario, separado pela Via Salaria no trecho entre a Viale Regina Margherita até a Piazza Fiume.
  • ao sul está o rione Ludovisi, separado do qual pela muralha (Corso d'Italia) no trecho entre a Piazza Fiume e a Piazzale Brasile (Porta Pinciana), e o rione Campo Marzio, também separado pela muralha (Viale del Muro Torto), da Piazzale Brasile até a Piazzale Flaminio (Porta del Popolo).
  • a oeste está o Q. I Flaminio, do qual está separado pela Via Flaminia, da Piazzale Flaminio até a Viale Maresciallo Pilsudski.

HistóriaEditar

O Pinciano é um dos quinze primeiros quartieri criados em 1911 e oficialmente instituídos em 1921, mas com o nome de "Vittorio Emanuele III, uma referência ao rei Vittorio Emanuele III de Sabóia. Antes mesmo da queda do Reino da Itália em 1946, já era chamado de Quartiere dei Fiume na parte onde as ruas são batizadas com nomes de vários rios (em italiano: fiume) e Quartiere Pinciano na parte entre a Via Pinciana e a Via Salaria, conhecida também como Quartiere Sebastiani. Foi oficialmente renomeado "Pinciano" em 1946.

BrasãoEditar

A descrição oficial do brasão de Pinciano é: de or com o álamo (de Nero) vert[1]. Trata-se de uma referência à chamada "Tumba de Nero", no sopé do monte Pinciano.

Vias e monumentosEditar

EdifíciosEditar

Palácios e villasEditar

IgrejasEditar

Outros edifíciosEditar

Referências

  1. Carlo Pietrangeli, p. 192.

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar