Estádio Qemal Stafa

(Redirecionado de Qemal Stafa Stadium)
Disambig grey.svg Nota: Para o novo estádio construído no mesmo local, veja Arena Kombëtare.

O Estádio Qemal Stafa (em albanês: Stadiumi Qemal Stafa) foi um estádio de futebol localizado em Tirana, capital da Albânia. Inaugurado oficialmente em 7 de outubro de 1946, foi utilizado principalmente para as competições de futebol, sediando partidas tanto da Seleção Albanesa de Futebol quanto pelas grandes equipes albanesas da capital: o KF Tirana, o Dinamo Tirana e o Partizani Tirana.[1]

Estádio Qemal Stafa
QemalStafaStadiumTirana.JPG

Nomes
Nome Stadiumi Qemal Stafa
Apelido Djalli (Diabo)
Características
Local Tirana,  Albânia
Coordenadas 41° 19′ 05,57″ N, 19° 49′ 23,44″ L
Gramado Natural (105 x 68m)
Capacidade 15 000 (1946–1974)
35 000 (1974–1991)
19 700 (1991–2016)
Construção
Data agosto de 1939setembro de 1946
Inauguração
Data 7 de outubro de 1946
Partida inaugural Albânia 2–3 Iugoslávia
Outras informações
Remodelado 1991
1996
Expandido 1974
Fechado 22 de maio de 2016
Demolido junho de 2016 (6 anos)
Proprietário Associação de Futebol da Albânia
Administrador Associação de Futebol da Albânia
Arquiteto Gherardo Bosio
Mandante Seleção Albanesa de Futebol
KF Tirana
Dinamo Tirana
Partizani Tirana

O nome do estádio rende homenagem à Qemal Stafa, herói albanês que lutou durante a Segunda Guerra Mundial. Em seus últimos anos, tinha capacidade para receber até 19 700 espectadores. Foi fechado e posteriormente demolido em junho de 2016 para dar lugar à moderna Arena Kombëtare, que possui capacidade para 21 690 espectadores.[2]

HistóricoEditar

Primeiros anosEditar

O estádio foi construído como um estádio olímpico por Gherardo Bosio, um jovem arquiteto de Florença, na Itália, que projetou-o com uma capacidade de 15 000 lugares. Tirana, na década de 1930 tinha menos de 60 000 habitantes, então a capacidade original do estádio seria mais do que suficiente.

Galeazzo Ciano simbolicamente colocou a primeira pedra, em agosto de 1939. A construção durou quatro anos, e o trabalho foi interrompido em 1943, após a Conquista do território italiano pelos aliados em 1943. Durante a invasão alemã na Albânia, o estádio foi usado como estacionamento para os equipamentos alemães.

Após a guerra, 400 trabalhadores e 150 voluntários diariamente terminaram a construção do estádio, mas o final da construção não era bem o que Bosio tinha em mente.

Logo após o fim dos trabalhos, o estádio foi inaugurado oficialmente em 7 de outubro de 1946 para sediar a Taça dos Balcãs. Apesar da derrota na estreia para a Iugoslávia por 2–3, a taça foi vencida pela Albânia, que terminou a competição à frente das seleções iugoslava, búlgara e romena para ficar com o título inédito.

Expansão e reformasEditar

Em 1974, o estádio não estava correspondendo às necessidades em Tirana. Para o 30° aniversário da libertação da Albânia, a capacidade do estádio foi aumentada para 35 000 lugares. Um display eletrônico também foi instalado no estádio.

Depois de 1991, outras mudanças ocorreram para modernizar o estádio, que reduziu sua capacidade para 19 700 espectadores, e em 1996 pela primeira vez o estádio possuía iluminação, como um presente de um projeto da UEFA.[1]

A maldição do Qemal StafaEditar

O estádio foi considerado uma "maldição" para equipes nacionais estrangeiras, em parte devido ao fato de que a Albânia geralmente ganha ou raramente perde seus jogos no estádio. Entre setembro de 2001 a outubro de 2004, a Albânia ficou invicta nos jogos que foram realizados nesse estádio.

Ilustres equipes como a Rússia, Suécia, e a Grécia perderam jogos nesse estádio, enquanto equipes como Irlanda, Suíça e a Bulgária tiveram que se contentar com empates nesta estádio intimidante.

Referências

  1. a b «Stadiumi Kombëtar Qemal Stafa – até 2016» (em inglês). World Stadiums 
  2. «Air Albania Stadium (Arena Kombëtare) – StadiumDB.com». stadiumdb.com. Consultado em 21 de novembro de 2022