Quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Inverno de 1924

artigo de lista da Wikimedia

O quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Inverno de 1924 é uma lista dos Comitês Olímpicos Nacionais classificados pelo número de medalhas conquistadas durante a primeira edição dos Jogos Olímpicos de Inverno, conhecidos na época como Semaine Internationale des Sports d'Hiver (Semana Internacional dos Esportes de Inverno). O evento foi realizado em Chamonix, na França, de 25 de janeiro a 5 de fevereiro de 1924. Quando realizados, os jogos não foram formalmente reconhecidos como sendo parte das Olimpíadas – que, até então, só contemplavam os eventos de verão –, mas foram organizados pelo Comitê Olímpico Francês e, mais tarde, apontado oficialmente pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) como a primeira edição dedicada aos eventos de inverno.[1]

Cartaz de divulgação do evento

A Noruega liderou a tabela com dezessete medalhas no total, incluindo quatro de ouro,[2] três das quais foram conquistadas por Thorleif Haug nos eventos de combinado nórdico e esqui cross-country.[3] Os noruegueses também conseguiram o feito de completar dois pódios, vencendo as três medalhas do combinado nórdico e da prova de 50 km masculino do esqui. Este recorde perdurou até a edição de 2014 dos Jogos Olímpicos de Inverno.[nota 1][5] A Finlândia ficou em segundo lugar com quatro ouros de um total de onze medalhas. Clas Thunberg foi o destaque dos finlandeses com cinco medalhas, tendo conquistado uma em todas as disputas da patinação de velocidade: três de ouro, uma de prata e uma de bronze.

Oito das nações participantes conquistaram pelo menos um ouro, e a Bélgica e a anfitriã França medalharam sem ouro. A página oficial do COI afirma que 258 atletas de 16 nações participaram de 16 eventos em nove esportes.[3] Por outro lado, o Sports Reference consta em sua base de dados 313 participantes de 19 países.[1] O proeminente historiador Bill Mallon cita, em seu Historical Dictionary of the Olympic Movement, aponta o número de 291 competidores.[6] Porém, o relatório oficial dos Jogos Olímpicos de Verão e Inverno de 1924 listou 293 atletas de 17 nações.[7] No mesmo relatório, a classificação das nações foi feita não por número de medalhas, mas por pontos, distribuídos do primeiro ao sexto lugar em cada prova. Nessa disposição, a Tchecoslováquia aparecia à frente da Bélgica e a Itália ocupava a última posição, mesmo sem conquistarem nenhuma medalha.[8]

Uma medalha foi realocada em 1974; durante os jogos, Thorleif Haug foi condecorado com o bronze no salto de esqui, mas um historiador norueguês descobriu que havia um erro de pontuação. Anders Haugen, dos Estados Unidos, foi quem havia ficado com a terceira posição. Como Haug morreu em 1934, sua neta presenteou Haugen, com 83 anos de idade, com a medalha original.[9][10][11]

Quadro de medalhasEditar

 
Clas Thunberg foi o maior medalhista do evento, com cinco medalhas na patinação de velocidade.

O ordenamento é feito pelo número de medalhas de ouro, estando as medalhas de prata e bronze como critérios de desempate em caso de países com o mesmo número de ouros. Se, após esse critério, os países continuarem empatados, posicionamento igual é dado e eles são listados alfabeticamente.[12] Duas medalhas de bronze foram concedidas na prova de 500 metros masculino da patinação de velocidade devido ao empate no terceiro lugar.[13]

     País sede destacado

 Ordem  País        
1  NOR Noruega 4 7 6 17
2  FIN Finlândia 4 4 3 11
3  AUT Áustria 2 1   3
4  SUI Suíça 2   1 3
5  USA Estados Unidos 1 2 1 4
6  GBR Grã-Bretanha 1 1 2 4
7  SWE Suécia 1 1   2
8  CAN Canadá 1     1
9  FRA França     3 3
10  BEL Bélgica     1 1
TOTAL 16 16 17 49

Notas

  1. Nenhum país conseguiu mais do que dois pódios até os Países Baixos em 2014, mas o recorde estava empatado antes disso: pela própria Noruega em 1928 e 1932, pela União Soviética em 1964, pela Alemanha Oriental em 1972 e 1984 e pela Alemanha em 1998.[4]

Referências

  1. a b «1924 Chamonix Winter Games». Sports Reference. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  2. «1924 Medal Tally». Topend Sports. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  3. a b «Chamonix 1924». Comitê Olímpico Internacional. Consultado em 24 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2017 
  4. Mallon, Bill (18 de fevereiro de 2014). «Netherlands Speed Skating Medal Sweeps». OlympStats. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  5. «Bergsma breaks Olympic record to lead fourth Dutch medal sweep». Xinhuanet. 19 de fevereiro de 2014. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 23 de setembro de 2015 
  6. Mallon, Bill; Heijmans, Jereon (2011). Historical Dictionary of the Olympic Movement. Plymouth: Scarecrow Press. p. 46. ISBN 978-0-8108-7522-7. Cópia arquivada em 14 de outubro de 2017 
  7. Official Report of the 1924 Olympic Games (PDF) (em francês). [S.l.]: Comitê Olímpico Internacional. 1924. p. 662. Consultado em 14 de outubro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 26 de fevereiro de 2016 
  8. Official Report of the 1924 Olympic Games (PDF) (em francês). [S.l.]: Comitê Olímpico Internacional. 1924. p. 661. Consultado em 14 de outubro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 26 de fevereiro de 2016 
  9. Jorsett, Per (13 de fevereiro de 2009). «Thorleif Haug». Kunnskapsforlaget (em norueguês). Norsk biografisk leksikon. Consultado em 20 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 21 de setembro de 2017 
  10. «Anders Haugen's belated bronze medal». Ski Jumping Hill Archive. 5 de janeiro de 2006. Consultado em 20 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 21 de setembro de 2017 
  11. «Anders Haugen, Olympian; Medal Was Delayed 50 Years». The New York Times. AP. 19 de abril de 1984. Cópia arquivada em 20 de setembro de 2017 
  12. «International Olympic Committee – Chamonix 1924 Medal Table». Comitê Olímpico Internacional. Consultado em 22 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2008 
  13. «Chamonix 1924 / Speed Skating / 500m Men». Comitê Olímpico Internacional. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 27 de março de 2017 

Ligações externasEditar