Quantidade de substância

(Redirecionado de Quantidade de matéria)

Nas ciências físicas, a quantidade de substância, ou ainda quantidade química, denotada pela letra n, é uma grandeza física que mede a quantidade de entidades elementares presentes em uma dada amostra ou sistema. As entidades elementares podem ser átomos, moléculas, íons, elétrons ou partículas, dependendo do contexto. O Sistema Internacional de Unidades define a quantidade de substância como sendo proporcional ao número de entidades elementares presentes.

A definição atual de mol, que entrou em vigor a partir do dia 20 de maio de 2019, diz que:

A quantidade de substância aparece em relações termodinâmicas como a lei dos gases ideais e em relações estequiométricas, como na lei das proporções múltiplas. A única outra unidade de quantidade de substância actualmente em uso é a libra mol (símbolo: lb-mol), por vezes usada em engenharia química nos Estados Unidos,[3][4] 1 lb-mol ≡ 453,59237 mol.

TerminologiaEditar

Para mensurar a quantidade de substância, é necessário especificar a entidade elementar envolvida, a não ser que não haja risco de ambiguidade. Uma mole de cloro, por exemplo, pode referir-se tanto a 1 mol de átomos de cloro (Cl) como também um mol de moléculas do gás cloro (Cl2). A forma mais simples de evitar ambiguidades é substituir o termo "matéria" ou "substância" pelo nome da entidade e/ou citar a sua fórmula empírica.[5][6] Por exemplo: a quantidade de clorofórmio, CHCl3, a quantidade de sódio, Na, a quantidade de hidrogênio (átomos), H, e n(C2H4).

Ver tambémEditar

 
O Wikcionário tem o verbete quantidade.

Referências

  1. «Definition of the mole (IUPAC Recommedation 2017)» (em inglês). Consultado em 3 de junho de 2019 
  2. «Definition agreed by the 26th CGPM (November 2018), implemented 20 May 2019» (em inglês). Consultado em 21 de maio de 2019 
  3. Talty, John T. (1988). Industrial Hygiene Engineering. Recognition, Measurement, Evaluation, and Control (em inglês). [S.l.]: William Andrew. 142 páginas. ISBN 0-8155-1175-2 
  4. Lee, C.C. (2005). Environmental Engineering Dictionary (em inglês) 4ª ed. [S.l.]: Rowman & Littlefield. 506 páginas. ISBN 0-86587-848-X 
  5. International Union of Pure and Applied Chemistry. "amount of substance, n". Compendium of Chemical Terminology Internet edition.
  6. International Union of Pure and Applied Chemistry (1993). Quantities, Units and Symbols in Physical Chemistry, 2ª edição, Oxford: Blackwell Science. pp. 46. ISBN 0-632-03583-8