Quartino

Quartino (em latim: Quartinus) foi um usurpador romano. Depois da morte de Alexandre Severo e do golpe de Maximino Trácio, uma companhia de arqueiros de Osroena, na Mesopotâmia, proclamou Quartino, um antigo governador provincial e amigo do falecido Alexandre Severo, supostamente contra sua vontade. Eles eram liderados por Macedo e queriam vingança pela morte de Alexandre.

Quartino
Usurpador do Império Romano
Reinado 235
Antecessor(a) Maximino Trácio
Sucessor(a) Maximino Trácio
Morte 235
  Mesopotâmia

Numa pena leve, Quartino foi apenas dispensado do exército romano por Maximino depois da revolta. Porém, depois, Macedo traiu Quartino, matou-o e presenteou sua cabeça a Maximino, que mandou executá-lo também.

A história de Quartino consta na obra do historiador Herodiano. Nenhuma outra fonte independente faz menção a ele e, por conta disso, alguns acadêmicos acreditam que ela seja uma invenção.

BibliografiaEditar